Cantor Luís Carlos faz Live Solidária nesta quinta-feira (25)

O músico que iniciou sua carreira aos 8 anos, fará uma Live Solidária nesta quinta-feira,25 de junho.  Na live não faltará sucessos de sua carreira e muito forró. O show será transmitido simultaneamente   a partir das 19h30  – no canal do Luís Carlos e Partners , no You Tube.Luis Carlos  é natural de Filadélfia  e  reside atualmente  em Senhor do Bonfim.

Acompanhe a live e colabore com as doações para beneficiar as famílias em situação de vulnerabilidade social, que foram prejudicadas neste período de quarentena.

Faça sua doação pelo WhatsApp (74) 99924 -8377

FALANDOTUDO.COM

 

Secretaria de Saúde realiza testes para Covid-19 no bairro Monte Alegre e no distrito de Igara

Depois do bairro Alto da Maravilha, a testagem rápida para Covid-19 realizada pela secretaria de Saúde do município de Senhor Bonfim aconteceu no bairro Monte Alegre e no distrito de Igara.

De acordo com o secretário de Saúde, Neto Guimarães, foram realizados 200 exames, no dia 24 de junho. A testagem foi reservada para moradores das comunidades atendidas.

“Senhor do Bonfim é o município da região que mais apostou na testagem em massa como estratégia no enfrentamento ao novo coronavírus”, lembrou Neto.

A rodada de testes continua no dia 26/06 em Tijuaçu; dia 30/06 no distrito de Quicé; dia 1º de julho – nas Casas Populares, e dia 2 no Bonfim 3 – grande Olaria. Exceto no Bonfim 3, que será realizado na escola Nívia Seixas, a testagem acontecerá nas respectivas unidades de saúde.

Os testes rápidos devem ser feitos a partir do oitavo dia após o início dos sintomas, para que os resultados possam atingir os valores de sensibilidade, especificidade e precisão.

Para realizar o teste é preciso apresentar RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de endereço. Se o teste der positivo, o paciente será encaminhado para avaliação médica.

Conforme Boletim epidemiológico de 24 de junho, o município tem 116 casos confirmados, sendo 67 curados.

ASCOM PMSB

 

 

Em visita ao campus da Univasf de Senhor do Bonfim, reitor pro tempore anuncia reestruturação

 

Para estreitar os laços com os funcionários e professores e entender melhor as demandas do campus, o reitor pro tempore, Paulo Cesar Fagundes Neves, visitou as instalações da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Senhor do Bonfim.

Na oportunidade, o reitor foi recepcionado pela secretária de Educação do município, professora Cristiane Maia, e pelo vice-prefeito, José Antônio, que representou o prefeito Carlos Brasileiro.

“O objetivo da nossa vinda foi se reunir com representantes da gestão municipal, ver as dificuldades que o campus se encontra e tentar sanar o mais rápido possível”, explicou o reitor temporário.

A reforma do prédio, a ampliação dos laboratórios e a retomada das obras para implantação de novos cursos estão entre as prioridades anunciadas pelo administrador da Univasf.

O campus de Senhor do Bonfim foi inaugurado em 2011, e atualmente oferece os cursos de Licenciatura em Ciências da Natureza, Ecologia e Geografia. Anunciado pela antiga gestão da universidade, Geologia e Engenharia de Minas – são duas opções aguardadas há anos pela população e pelos jovens da região.

Durante a visita, o vice-prefeito sugestionou que fosse implantado também os cursos de Odontologia e Direito para fortalecer a universidade no Território de Desenvolvimento do Piemonte Norte do Itapicuru.

A proposta foi bem recebida pelo reitor que estava acompanhado pelo Pró-Reitor de Ensino, Prof. Dr. Manoel Messias e coordenadores dos três cursos do campus.

“Para ajudar a viabilizar essa possibilidade, colocamos em contato (via telefone) o reitor e o deputado federal Afonso Florence, que ficou à disposição para colaborar na busca de recursos para instalação dos novos cursos”, salientou José Antônio.

O vice-prefeito ainda destacou a produtividade do encontro, e ressaltou que novos deverão acontecer com intuito de dar andamento ao processo de colaboração entre a prefeitura e a universidade.

 

ASCOM PMSB

Bobô propõe homenagem ao cientista Gustavo Cabral

Setor responsável: Notícia

O cientista e pesquisador baiano Gustavo Cabral de Miranda deve ser homenageado pela Assembleia Legislativa com a Comenda 2 de Julho. Dentre seus trabalhos científicos, está o desenvolvimento de vacinas, uma delas ainda em modelo animal, contra o Zika vírus. A pesquisa foi capa da revista científica internacional Vaccine, em 2019. “De origem humilde e batalhador, Dr. Gustavo está na linha de frente do combate à Covid-19 e revela sua grandeza ao destacar a educação e a ciência como valores essenciais para qualquer sociedade”, destacou o autor do projeto de resolução que confere a homenagem, deputado Bobô (PC do B).

O caminho para uma das maiores revoluções na vida das pessoas que não têm condições de vida muito boa é invadir os espaços universitários. Isso promove uma transformação enorme. Tudo muda quando olhamos para os centros universitários e pensamos: aqui também é o meu lugar”. Esse é o pensamento “de um dos mais importantes cientistas do Brasil na atualidade, Dr. Gustavo Cabral de Miranda”, expressado em uma de suas entrevistas para a imprensa e destacado por Bobô na peça legislativa.

Baiano, nascido no povoado de Creguenhem, em Tucano, ele é filho do agente de saúde aposentado, Washington Raimundo de Miranda, e da ajudante geral de escola, Maria das Graças Cabral de Miranda; é irmão de Eliana, Flávio e William, e “o maior exemplo de que a educação é a ferramenta mais poderosa para transformar a vida das pessoas”, garante Bobô.

TRAJETÓRIA

Gustavo Cabral só concluiu o ensino médio aos 21 anos de idade, porque precisava ajudar a família. O conceituado imunologista cresceu vendendo geladinho e frutas na feira desde os 8 anos de idade. Aos 15 foi trabalhar em um açougue, na cidade de Euclides da Cunha. Lá, também, teve duas bancas de carne. Determinado, tentou melhorar de vida indo para Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Como não obteve o sucesso que gostaria, “voltou para suas raízes”.

Com a venda das barracas de carne e a ajuda dos pais, pagou o 3º ano no Instituto Social de Tucano. Passou no vestibular e foi para Senhor do Bonfim, onde cursou Ciências Biológicas na Uneb e morou em uma república de estudantes. Segundo Bobô, “ali se iniciaram as transformações e as revoluções que ele profetizou, começando a fazer pesquisa e ciência”. A visão humanista foi aprofundada ao atuar na Comunidade Quilombola de Tijuaçu e junto aos catadores de lixo do bairro Cabral.

As dificuldades de uma vida humilde e difícil o fizeram ver na educação o melhor caminho para dar uma vida mais digna a sua família e ajudar sua gente”, contou Bobô, ao informar que Gustavo foi o primeiro dos filhos a ingressar no ensino superior. Após a graduação na Uneb, uma bolsa de pesquisa o ajudou a fazer mestrado em Imunologia na Universidade Federal da Bahia (Ufba), em Salvador.

Em seguida, fez doutorado na Universidade de São Paulo (USP) e em Portugal, além de pós-doutorados em Oxford, na Inglaterra, e em Berna, na Suíça, onde estudou imunologia aplicada à vacina. Depois dessa bagagem internacional, Gustavo Cabral voltou ao Brasil para trabalhar no campo da vacina (Chikungunya, Zika vírus e Estreptococos) no Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. Hoje, é responsável por comandar a pesquisa para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, no mesmo Incor.

A valorização de profissionais como ele é a valorização da educação e da ciência, nesse momento de grande obscurantismo no Brasil”, opinou o deputado comunista. Para Bobô, “Gustavo Cabral é desses baianos que tem o sertão dentro de si, como disse Guimarães Rosa, em sua obra Grande Sertão: Veredas. Certamente, essa é a força que lhe propiciou uma trajetória vitoriosa. O vendedor de geladinho e de frutas ganhou o mundo, levando e elevando o nome da Bahia. Voou alto, alcançando a posição de ser um dos principais cientistas do Brasil”.

O deputado finaliza ressaltando que “sua trajetória, seus feitos e serviços prestados em benefício dos brasileiros, dos baianos e do país, justificam, de forma merecida, a Comenda 2 de Julho, maior honraria do Parlamento baiano”.

ALBA

Hospital Regional de Juazeiro divulga aprovados em processo seletivo para Técnico de Enfermagem

 

O Hospital Regional de Juazeiro divulgou os aprovados em processo seletivo para cadastro reserva na função de Técnico de Enfermagem. Os aprovados foram:

JOSILENE RODRIGUES MARTINS
SARA JANE DA SILVA MOURA
TAMIRES JULIANA DE SOUZA SANTOS
DANIELE CAVALCANTI DE CARVALHO RODRIGUES
KATIA DE CASTRO PINTO
LETICIA MIRELLY DE LIMA
LOURDES ISIDORIA SANTANA
SUELENE MARIA DA SILVA FERREIRA
RITA DE ARAUJO SOUZA
ELISANGELA DA SILVA RIBEIRO
MICHELLE SANTOS DE BARROS
AMILCA BRITO DOS SANTOS
WERICA GUIMARÃES DA ROCHA

Andrea Sued Ascom HRJ

Suspensão de jogos de futebol na Bahia é prorrogada até 6 de julho

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter – @galaticosonline) em 22 de Junho de 2020 16:20
Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

 

 

Entre clubes e atletas do futebol baiano, há a expectativa de que o Campeonato Baiano, paralisado desde 17 de março, retorno no mês de julho. Porém, já há uma certeza, de que não será nos primeiros dias do mês.

O Governo do Estado prorrogou o decreto que suspende jogos de futebol na Bahia até 6 de julho. A medida anunciada anteriormente venceu neste domingo (21).

Ainda assim, a previsão é de que tanto o Estadual como Copa do Nordeste voltem durante o mês de julho. Já o Campeonato Brasileiro está previsto para ser iniciado em agosto.
Fonte: Galaticosonline.com

TSE propõe ao Congresso campanha mais longa e segundo turno das eleições em dezembro

Eleições 2020

 

Por: Waldemir Barreto/Agência Senado Por: Folhapress 0comentários

Em meio a divergências entre senadores e deputados, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luís Roberto Barroso, propôs nesta segunda-feira (22), em audiência no Senado, que a campanha para as eleições municipais deste ano seja mais longa, com segundo turno realizado em dezembro.

Os senadores devem votar nesta terça-feira (23) uma PEC (proposta de emenda à Constituição) que trata do adiamento das eleições municipais por causa da pandemia do novo coronavírus.
Oficialmente, o calendário atual estabelece o primeiro e o segundo turnos, respectivamente, nos dias 4 e 25 de outubro.

O relatório final está sendo construído pelo senador Weverton Rocha (PDT-MA) para ser entregue aos senadores na manhã desta terça. Caberá a Rocha determinar, em seu relatório, as novas datas.

Apesar de ganhar força no Senado, onde deve ser votada sem divergências nesta terça-feira, a proposta de adiamento encontra resistências entre os deputados federais.

O impasse entre Senado e Câmara fez com que fosse abandonada uma das iniciativas de conciliação sobre o tema, a constituição de uma comissão mista de deputados e senadores para estudar o adiamento.

A divergência na Câmara reflete uma pressão de prefeitos, em especial os que buscam a reeleição. Uma PEC precisa ser aprovada nas duas Casas. Em seguida, vai à promulgação.

No Senado, a maior probabilidade de datas para o primeiro e o segundo turnos, respectivamente, são 15 de novembro e 29 de novembro, ou 15 de novembro e 6 de dezembro.

Segundo Barroso, a proposta do TSE de adiamento é com “base estritamente na opinião médico-científica”.

O ministro pediu aos senadores que o relatório traga o que chamou de “válvula de escape”, em casos de municípios onde haja um aumento de casos de contágio do coronavírus e necessitem protelar um pouco mais as eleições. Seria uma possibilidade de estender, dentro de 2020, o prazo eleitoral.

Segundo o relator, esse tema estará contemplado no relatório. Com isso, em alguns municípios, as eleições poderão ser realizadas até o dia 27 de dezembro.

O adiamento se baseia na avaliação de médicos e especialistas ouvidos pelos congressistas e pelo TSE.
Barroso defendeu ainda aos senadores que haja uma ampliação no tempo da campanha eleitoral deste ano, o que, segundo o ministro, não deverá trazer dificuldades.

Com a manutenção da data para a realização das convenções partidárias -entre os dias 20 de julho e 5 de agosto- e para o registro de candidaturas -entre 5 de agosto e 15 de agosto–, a campanha seria estendida por quase dois meses, em caráter excepcional.

A medida facilitaria o julgamento dos registros de candidaturas pela Justiça Eleitoral.

“É que, se nós mantivermos as datas das convenções e dos registros de candidatura, a Justiça Eleitoral consegue julgar a tempo todos ou praticamente todos os casos de impugnação”, disse o ministro.

Além de Barroso, participaram da audiência com os senadores especialistas da área de saúde e jurídica.
Tanto o presidente do TSE quanto o relator da matéria já negaram a possibilidade de as eleições não serem realizadas neste ano, o que segundo eles seria inconstitucional.

O pedido chegou a ser feito pelo presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), Glademir Aroldi, que também participou da audiência.

O presidente do TSE afirmou que é inviável ampliar os dias para a votação, como sugeriram alguns senadores. Segundo Barroso, o custo para isso seria da ordem de R$ 191 milhões, recurso indisponível.

Contudo, já foi acertado entre o tribunal e o relator da matéria no Senado que haverá uma ampliação no tempo de votação. Em vez de encerrar às 17h, poderá chegar até 21h.

Haverá também, por parte do TSE, campanhas para que a população vote em horários separados, de acordo com a faixa etária.

A PEC prevista para ser votada nesta terça, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece ainda que os mandatos dos atuais prefeitos, vice-prefeitos e vereadores não serão prorrogados -tanto Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, como Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, se opõem à possibilidade.

O tempo mais curto de campanha eleitoral é visto como um trunfo por quem tenta um novo mandato.
Além disso, os adversários teriam de se adaptar à realidade da pandemia para conquistar eleitores, ampliando o uso de redes sociais, por exemplo, no lugar dos tradicionais comícios e do corpo a corpo.

Na última terça-feira (16), Maia defendeu a extensão do tempo de TV e rádio dos dias de exibição da propaganda eleitoral como forma de tentar equalizar as condições de candidatos na disputa.

A divisão atinge algumas das maiores bancadas da Câmara, como a do DEM, PP, PL, MDB e Republicanos. Com isso, dificilmente a PEC teria apoio suficiente entre os deputados.

Para passar na Câmara, a proposta precisaria ser aprovada pelo plenário em dois turnos e obter o apoio de pelo menos três quintos dos deputados (308 votos).

No Senado, também são dois turnos, e o respaldo tem de ser dado por ao menos 49 senadores.

Prefeitura de Senhor do Bonfim entrega mil litros de iogurtes para crianças e adolescentes atendidos pelo SCFV

 

 

 

A Prefeitura de Senhor do Bonfim entregou mil litros de iogurtes para crianças e adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Municipal (SCFV). O atendimento no SCFV ocorre a partir de encaminhamentos feitos pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

A entrega foi possível graças a doação feita pela Indústria Campanella Alimentos, do empresário Santino Pereira Rodrigues. O recebimento do produto contou com a presença de representantes do laticínio, do vice-prefeito, José Antônio, do secretário de Desenvolvimento da Agropecuária, Fábio Cedraz, e Gabriela Carvalho, superintendente de Políticas Sociais.

 

Os beneficiários receberam diretamente na residência, por uma equipe de profissionais da Prefeitura, respeitando as normas de proteção estabelecidas pelo distanciamento social neste período de quarentena.

“Parcerias como esta demonstra amor ao próximo. Em nome do prefeito Carlos Brasileiro, agradeço de coração o proprietário do Laticínio Campanella”, disse Gabriela Carvalho.

Outras ações

Além desta parceria, o Laticínio Bom Sabor doou recentemente 2.200 litros de bebidas lácteas em uma cooperação com pecuaristas bonfinenses. O produto foi distribuído pela secretaria de Assistência Social para 620 crianças e adolescentes do SCFV.

 

ASCOM PMSB

Prefeito Carlos Brasileiro assina autorização para execução de obras e serviços; o investimento ultrapassa R$ 5 milhões

Em um ato solene realizado na Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, o prefeito Carlos Brasileiro assinou ordens de serviço para realização de obras e ações do programa Bonfim em Desenvolvimento.

Entre as obras está a construção do sistema de abastecimento de água que vai beneficiar as comunidades de Teiú, Boa Esperança, Pedro de Souza e Várzea dos Porcos, na região de Quicé.

A instalação do sistema vai levar água tratada para as torneiras de dezenas de bonfinenses e terá um investimento de R$ 500 mil. Os recursos são provenientes de um convênio com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

Na oportunidade o chefe do Poder Executivo também assinou a ordem para execução das obras de ampliação da rede de drenagem do canal fluvial e captação de esgoto que atende o bairro São Jorge (na grande Gamboa).

O canal sofrerá uma intervenção a partir das Rua José Bonifácio, onde será colocado uma nova canalização com 120 metros de manilhas. A obra deve melhorar o escoamento das águas e evitar inundações durante o período chuvoso.

Outra autorização importante foi a liberação de recursos para recuperação da pavimentação em diversas ruas danificadas pelas recentes chuvas – um investimento em torno de R$134 mil.

Um incremento de R$ 65 mil decorrente de parceria com Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – CDS, Território de Identidade Piemonte Norte do Itapicuru – TIPNI–, entrou no pacote e reforça os recursos financeiros para as ações de reparos e melhorias nas vias públicas.

Dentre os investimentos, um recurso na ordem de R$ 52 mil foi autorizado para compra de materiais elétricos, que será destinado para manutenção preventiva e corretiva do sistema de iluminação pública.

Em caráter emergencial, o prefeito solicitou a criação de um cronograma para atender as demandas da população, a exemplo de postes apagados ou outros problemas relacionados aos pontos de luz do município.

Ainda foi confirmado para os próximos dias, o lançamento de três editais para execução de obras que somam um montante de R$ 4,4 milhões. Os recursos serão R$ 2,8 milhões para realização de calçamentos, praças e serviços de infraestrutura. Para reforma de escolas municipais está previsto R$1,6 milhão. A soma de todos os investimentos anunciados ultrapassa R$ 5 milhões.

O anúncio das obras contou com a presença de secretários de governo, do vice-prefeito, José Antônio, do vereador Hermógenes Almeida, Carlos de Tijuaçu, Mimo da Igara, Tavinho , Andreilto Almeida, Lúcia Cerqueira ,Tavinho e Reinaldo José, além do presidente da Câmara, Cleiton Vieira.

ASCOM PMSB

Centrão articula emenda para transferir eleições para 2022; vereadores e prefeitos teriam mais dois anos de mandato

Justificativa utilizada pelo parlamentar é de diminuir os riscos causados pela pandemia 

urna_menor-535x320Foto: Fábio Pozzebon/Agência Brasil

Um dos principais nomes do chamado “Centrão” — grupo que reúne parlamentares com postura mais adaptativa ao poder central —, o senador Ciro Nogueira (PP) está articulando apoio para conseguir o adiamento das eleições municipais de 2020 para 2022, contrariando a ideia da cúpula do Congresso, do Senado e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que desejam transeferir o pleito de outubro para novembro e dezembro.

A ideia de Ciro, eleito pelo estado do Piauí, é de que os atuais vereadores e prefeitos tenham seus mandatos estendidos por mais anos. A justificativa utilizada pelo parlamentar é de diminuir os riscos causados pela pandemia, especialmente para os mais idosos e em situação de risco. O senador também deve propor que os horários de votações sejam estendidos e o voto facultativo para pessoas idosas e na faixa de risco.

.

Varela Noticias