Governo do Estado assina contrato para construir Aeroporto Regional de Senhor Bonfim

Foi recebida com grande entusiasmo pela população bonfinense a notícia da assinatura do contrato de empreitada n° 015-CT040/2020 do Governo da Bahia com empresa Augúrio Construções e Terraplenagem S.A. vencedora do processo licitatório para realização da construção do tão esperado aeroporto de Senhor do Bonfim. O aeroporto proporcionará uma alavancada no desenvolvimento regional com a atração de novos emprendimentos com utilização da pista para serviços de transporte de passageiros, postagens, atendimento de saúde e outros.

O aeroporto de Senhor do Bonfim é um antigo desejo da população local e foi uma solicitação do Prefeito Carlos Brasileiro quando Deputado Estadual. Em agosto de 2011, o então governador Jaques Wagner (PT) autorizou estudos para a desapropriação da área. O projeto não ficou parado, e na gestão do Governador Rui Costa foi dado continuidade com novos estudos técnicos, tramitação burocrática e será construído nas imediações da estrada que dá acesso ao Distrito de Quicé.

A pista tem um investimento de R$16.189.965,91com 1,26 km de extensão e as obras deverão ser iniciadas em breve com prazo de um ano para sua conclusão. Confira o extrato de contrato publicado já publicado no diário oficial do Estado da Bahia

RESUMO DO CONTRATO DE EMPREITADA Nº 015-CT040/2020/SEINFRA
PROCESSO N.º 024.2057.2019.0005785-72. CONCORRÊNCIA Nº 012/2019. CONTRATANTE: SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA – SEINFRA / SIT.

CONTRATADA: AUGÚRIO CONSTRUÇÕES E TERRAPLENAGEM S.A.
OBJETO: Construção da pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de estacionamento de aeronaves do aeródromo de Senhor do Bonfim – Bahia.
VALOR: R$16.189.965,91.
PRAZO: 365 dias.
PROJETO: 3279.
NATUREZA DE DESPESA: 4.4.90.51. DESTINAÇÃO DE RECURSOS: 0.146.000000.
DATA DA ASSINATURA: 06/04/2020.

 

Juazeiro apresenta mais um caso suspeito do H1N1 e mais um do COVID-19, nesta terça-feira (14)

 

No boletim desta terça-feira (14), a Secretaria da Saúde informa que registra mais uma notificação de caso suspeito para H1N1 e, com isso, somam-se 63 notificações. Permanecem os mesmos 18 casos confirmados, incluindo dois óbitos. Um total de 24 casos suspeitos já foram descartados e 21 estão em investigação.

Para o coronavírus, a secretaria ressalta que permanecem testando e monitorando pacientes de acordo com as diretrizes e normas técnicas do Governo do Estado da Bahia e do Ministério da Saúde.

Nesta terça-feira o município tem um registro de 66 notificações, esta acontece quando a pessoa apresenta algum sinal ou sintoma que se enquadra no perfil do COVID 19, tem o material coletado e fica no aguardo do resultado. Isso não representa quantidade de pessoas infectadas, uma vez que a SESAU permanece com os cinco casos confirmados, destes, dois já estão recuperados. Ao todo 22 casos suspeitos já foram descartados e outros 39 exames estão em análise pelo Laboratório Central (LACEN) em Salvador e não há nenhum óbito registrado.

Qualquer dúvida referente a estas doenças a população pode tirar através do WhatsApp (74) 99819- 3089 em horário comercial de segunda a sexta-feira.

Evite aglomerações e mantenha os hábitos de higiene lavando bem as mãos. Saúde é prioridade!

Débora Sousa/SESAU

Prefeitura de Campo Formoso cancela festejos juninos por conta da pandemia do Coronavírus

1

Campo Formoso não contará com festejos juninos em 2020: Arraiá da Freguesia (13 de junho); Festa do Padroeiro de Lage dos Negros (13); São João de Poços e São Tomé, além do São Pedro de Caraíba. A medida foi adotada diante da recomendação de se evitar aglomerações de pessoas por conta da pandemia de Coronavírus, com a estimativa de pico para os meses de maio e junho, segundo o Ministério da Saúde.

Vale lembrar que o Brasil já apresenta mais de 25 mil infectados com a doença, com mais de 1300 mortes. Campo Formoso já conta com um caso confirmado da COVID-19 e mais dois de H1N1.

A iniciativa visa também evitar que comerciantes não venham a sofrer prejuízos ainda maiores, caso, de fato, a festa tivesse de ser cancelada, depois de investimentos realizados.

Diversos outros municípios já vinham tomando essa decisão, haja vista o agravamento da pandemia. Cidades como Ibicuí, Amargosa, Senhor do Bonfim, Irecê, Miguel Calmon, Seabra, Itaberaba, Piritiba, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus, Jaguarari e Vitória da Conquista já cancelaram as festas de São João deste ano.

.

Ascom PMCF

MEC designa reitor temporário para a Univasf

 

O Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (13) a portaria nº 384, de 9 de abril de 2020 que designa o professor Paulo Cesar Fagundes Neves para o cargo de reitor pro tempore da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O ato ampara-se na Medida Provisória nº 914/2019 que trata sobre o processo de escolha de dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes).

No caso específico da Univasf, a designação de reitor pro tempore ocorre em virtude do pedido de suspensão da lista tríplice à Reitoria da Univasf, elaborada pelo Conselho Universitário (Conuni), em novembro passado, e que está sub judice por decisão liminar do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

A liminar é motivada por ação judicial  movida por uma das chapas que concorreu aos cargos de reitor e vice-reitor para o mandato 2020-2024, na consulta informal junto à comunidade acadêmica e à lista tríplice, tendo o Conuni indicado à Reitoria o nome do professor Telio Leite, em primeiro lugar, e dos professores Ricardo Santana e Michelle Christini, em segundo e terceiro, respectivamente.

Em recurso apresentado por um dos citados no processo judicial em curso, o professor Telio Leite e reitor em exercício até a última sexta-feira (10), afirma a regularidade da formação da lista tríplice elaborada pelo Conuni. Telio Leite foi vice-reitor da Univasf em dois mandatos, 2012-2016 e 2016-2020, na gestão de Julianeli Tolentino.

Uma vez que o processo sucessório definitivo ainda aguarda a definição da lista tríplice encaminhada ao MEC, o cargo de dirigente da Univasf passará a ser exercido pelo reitor pro tempore professor Paulo Cesar Fagundes Neves, tão logo ocorra a solenidade de posse pelo MEC. Professor efetivo da Univasf desde 2006, Paulo Cesar é graduado em Medicina pela Universidade de Santo Amaro (Unisa) e doutor em cirurgia Interdisciplinar pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Até a data da posse do reitor pro tempore quem responde pela Reitoria da Univasf é o professor Alexandre Ramalho Silva, decano do Conuni.

Gabinete da Reitoria | Campus Sede – Petrolina (PE)

 

Agência Nacional de Águas vai adiar cobrança pela captação de água bruta para aliviar custos do setor produtivo

Medida terá validade de quatro meses e atende pedido do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR)

 

A cobrança pela captação de água bruta em rios e reservatórios de domínio da União está suspensa pelos próximos quatro meses. A decisão, tomada pela Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Águas (ANA) em 6 de abril, segunda-feira, beneficia detentores de outorga para captação da água bruta, como indústrias, produtores rurais, irrigantes e empresas de saneamento, por exemplo. A ação se enquadra no conjunto de esforços para o enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

 

A discussão sobre a suspensão da cobrança pelo uso da água bruta foi provocada por uma solicitação encaminhada pelo ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, atendendo a pedido do setor produtivo, que enfrenta dificuldades operacionais e financeiras oriundas da pandemia.

 

“Nesse momento de dificuldades para todos, precisamos garantir a continuidade da atividade produtiva. Estamos realizando esforços em várias frentes, promovendo investimentos, reduzindo custos e garantindo apoio aos empreendedores, sempre em busca da preservação dos empregos e da renda das famílias”, destacou o ministro Rogério Marinho.

 

Uma resolução da Agência será publicada nos próximos dias e vai determinar que os vencimentos dos boletos de cobrança pelo uso de recursos hídricos de domínio da União fiquem postergados por quatro meses. Desta forma, os boletos de cobrança previstos para o exercício 2020 terão o vencimento da primeira parcela em agosto de 2020, resultando assim em até cinco parcelas mensais, nos termos do art. 11 da Resolução ANA nº 124/2019.

 

“Respeitado e priorizado o abastecimento humano e a dessedentação animal, a água é insumo fundamental para as atividades produtivas do País. Por isso, a Diretoria Colegiada da ANA, sensível às dificuldades operacionais e financeiras enfrentadas pelas indústrias, irá postergar as cobranças sem causar prejuízo ao abastecimento desses usuários e garantindo os múltiplos usos da água, levando saúde, vida e desenvolvimento a todos os usuários, que poderão focar suas preocupações nas medidas de enfrentamento à pandemia”, afirmou a diretora-presidente da ANA, Christianne Dias.

 

A medida diz respeito à cobrança pelo uso da água bruta (ou seja, não tratada e não distribuída pelas empresas de saneamento) em rios de domínio da União (interestaduais e transfronteiriços) e reservatórios com regulação federal.

 

O que é a cobrança?

 

A cobrança pelo uso da água é prevista pela Política Nacional de Recursos Hídricos, instituída pela Lei nº 9.433/97. Possui os seguintes objetivos: obter recursos financeiros para a recuperação das bacias hidrográficas brasileiras, estimular o investimento em despoluição, dar ao usuário uma sugestão do real valor da água e incentivar a utilização de tecnologias limpas e poupadoras de recursos hídricos.

 

Essa cobrança não é um imposto ou tarifa cobrados pelas distribuidoras de água nas cidades, mas uma remuneração dos usuários de água pelo uso de um bem público. Todos e quaisquer usuários que captem, lancem efluentes ou realizem usos não consuntivos diretamente em corpos de água necessitam cumprir com o valor estabelecido.

 

O valor da cobrança é definido a partir da participação dos usuários, da sociedade civil e do Poder Público; no âmbito dos comitês de bacias hidrográficas (CBHs). Um dos parâmetros para definir os valores é bem simples: quem usa e polui mais os corpos de água, paga mais; quem usa e polui menos, paga menos.

 

A ANA tem a competência de arrecadar e repassar os valores da cobrança (apenas dos recursos hídricos de domínio da União) à respectiva agência de água da bacia ou à entidade encarregada das funções de agência de água, instituições que integram o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH).

 

Dessa forma, a ANA não é responsável por realizar ou regular a cobrança pelo uso da água nas casas das pessoas. Acesse a seção Saiba quem regula: conta de água para mais informações.

 

Para saber mais sobre a cobrança pelo uso de recursos hídricos, acesse: https://www.ana.gov.br/gestao-da-agua/cobranca.

Prefeitura de Senhor Bonfim renova decreto que mantêm medidas de isolamento social

Prefeito Carlos Brasileiro anunciou nesta segunda-feira (6), a renovação das medidas de prevenção e enfrentamento ao coronavírus. As medidas adotadas no âmbito municipal seguem orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e Governo da Bahia.

As medidas de restrição renovadas abrem exceções para o funcionamento de alguns seguimentos comerciais. Fica permitido a abertura de oficinas mecânicas, lojas de autopeças (carros e motos), borracharias e lava jato, localizados em rodovias, desde que não estejam em áreas urbanas.

Brasileiro também anunciou na live pelo Facebook que o novo decreto permite que lojas de material de construção e de limpeza funcionem com sistema delivery.

Outra autorização foi para a realização da feira livre e a ampliação do horário de funcionamento das lotéricas. Os bancos continuam com funcionamento no autoatendimento até às 22 horas e, internamente apenas para desbloqueio de cartões e outros serviços com mesmo objetivo.

A feira acontecerá na próxima quinta (09), e as lotéricas devem ampliar o funcionamento até às 18 horas – neste início de mês, devido ao aumento do fluxo de pagamentos.

Ainda sobre a feira, fica permitido, apenas, a comercialização de alimentos destinados ao consumo humano, ficando proibido o preparo e a comercialização de lanches, salgados refeições e bebidas alcoólicas.

O prefeito informou que haverá alteração no funcionamento. “Vamos fechar os acessos as praças José Gonçalves, Augusto Sena Gomes e Castro Alves para possibilitar o máximo de distância entre as barracas, e, com isso, evitar aglomeração”, ressaltou Brasileiro.

Outro detalhe importante é que somente poderão participar feirantes com residência fixa no município, ficando proibida a entrada de integrantes oriundos de cidades circunvizinhas.

No decreto continuam suspensas as atividades em bares, lanchonetes, restaurantes, pizzarias, casas de festas e eventos, camelôs, ambulantes, trailers, congêneres, salões de beleza, barbearias, clínicas de estéticas, clubes de serviço e lazer.

As medidas não afetam o funcionamento dos restaurantes e lanchonetes, exclusivamente para entrega em domicílio (delivery), inclusive por aplicativos e como pontos de coleta pelos próprios clientes.

Mais cedo, antes da assinatura do decreto 0074 /2020 que tem validade até às 23:59 do dia 13 de abril de 2020, o prefeito se reuniu com os membros do Comitê de Gestão de Crise do Covid-19 para discutir as novas medidas. Atualmente, o município não registra caso da doença.

Dentro do conjunto de medidas de enfrentamento, Brasileiro lembrou que o 2º Centro de Saúde – localizado nas Casas Populares, está sendo preparado para ser o Centro de Atendimento aos pacientes de Covid -19. O espaço previamente preparado receberá e atenderá emergencialmente os pacientes infectados com coronavírus, na forma leve ou grave da doença.

” Os pacientes em casos extremamente graves serão encaminhados para atendimento em centros de referência criados pelo Governo do Estado, em Juazeiro ou Salvador”, informou o prefeito.

O chefe do Executivo aproveitou a oportunidade e conformou que o município dispõe de 14 (catorze) respiradores mecânicos – e que nos próximos dias deverá contar com mais cinco.

Vale lembrar que o telefone para denunciar o descumprimento das regras do decreto é o (74) 99945- 9746. Em caso de infrações detectadas, serão aplicadas multas, interdição total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento, caso necessário.

Abaixo veja o link para assistir a live completa e o decreto na integra:

Posted by Prefeitura de Senhor do Bonfim on Monday, April 6, 2020

 

 

http://doem.org.br/ba/senhordobonfim/diarios/previsualizar/yLVAGma8?filename=DOE-ba_senhordobonfim-ed.2.031-ano.8.pdf&_cb=20200406173405

 

 

 

 

 

91 cidades baianas oferecem alto risco de propagar novos casos da doença, diz estudo

 

Um estudo sobre o avanço da pandemia do novo coronavírus na Bahia aponta que 91 dos 417 municípios, incluindo Salvador, oferecem risco acentuado de propagar novos casos de Covid-19 nas próximas semanas.

Feira de Santa, Alagoinhas, Barreiras, Ilhéus, Itabuna e Vitória da Conquista também aparecem na lista (veja quadro completo mais abaixo).

O levantamento é de autoria de pesquisadores vinculados a quatro universidades — as baianas Ufba e Uefs, além da Unicamp, de estado de São Paulo.

Um estudo sobre o avanço da pandemia do novo coronavírus na Bahia aponta que 91 dos 417 municípios, incluindo Salvador, oferecem risco acentuado de propagar novos casos de Covid-19 nas próximas semanas.

Feira de Santa, Alagoinhas, Barreiras, Ilhéus, Itabuna e Vitória da Conquista também aparecem na lista (veja quadro completo mais abaixo).

O levantamento é de autoria de pesquisadores vinculados a quatro universidades — as baianas Ufba e Uefs, além da Unicamp, de estado de São Paulo.

Ao compilar dados geográficos de cada cidade, o grupo considerou a presença de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos como vetores de contaminação e os relacionou àqueles que já apresentam registros do novo coronavírus.

As informações foram tratadas em sistemas de informações geográficas, cuja estimativa total abrange 323 municípios, dos quais 91 deles integram a faixa de probabilidade acentuada.

Segundo o estudo, assim que a pesquisa foi finalizada, na quinta-feira (2), Palmeiras, na Chapada Diamantina, confirmou o seu primeiro caso da doença. O município figurava lista de riscos elevados, afirmam os pesquisadores.

De acordo com os autores, o levantamento foi encaminhado à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia(Sesab) de modo a abalizar ações de enfrentamento à pandemia.

Ao compilar dados geográficos de cada cidade, o grupo considerou a presença de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos como vetores de contaminação e os relacionou àqueles que já apresentam registros do novo coronavírus.

As informações foram tratadas em sistemas de informações geográficas, cuja estimativa total abrange 323 municípios, dos quais 91 deles integram a faixa de probabilidade acentuada.

Segundo o estudo, assim que a pesquisa foi finalizada, na quinta-feira (2), Palmeiras, na Chapada Diamantina, confirmou o seu primeiro caso da doença. O município figurava lista de riscos elevados, afirmam os pesquisadores.

De acordo com os autores, o levantamento foi encaminhado à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia(Sesab) de modo a abalizar ações de enfrentamento à pandemia.

Confira o quadro abaixo com as 91 cidades classificadas como de alto risco:

General Braga Netto passa a tomar decisões no lugar de Bolsonaro, diz jornalista

Foto: Agência Brasil

Segundo Horácio Verbitsky, as Forças Armadas do Brasil decidiram manter Bolsonaro na presidência “sem poder efetivo”

O ministro chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, se tornou o “presidente operacional” do Brasil, é o que diz o renomeado jornalista argentino Horácio Verbitsky. A função significaria que as falas do presidente Jair Bolsonaro seriam ignoradas, pois as decisões importantes seriam tomadas pelo General. As informações são da Revista Fórum.

Segundo Verbitsky, a informação foi dada de um militar brasileiro “de altíssimo nível” a um amigo argentino, também general. O militar da Argentina teria sido comunicado que as Forças Armadas do Brasil decidiram manter Bolsonaro na presidência, “mas sem poder efetivo”.

Ao programa “Habrá Consecuencias”, da Radio El Destape, o jornalista revelou que a situação não se tratava de uma deposição do presidente, mas de sua “redução a uma figura de monarca constitucional”.

 

O portal DefesaNet revela que “sua ‘missão’ busca reduzir a exposição do presidente, deixando-o ‘democraticamente’ (Apud Paulo Guedes) se comportar como se não pertencesse ao seu próprio governo. O general passa a enfeixar as ações do Executivo na crise. Pode, inclusive, contrariar as declarações de Bolsonaro”.

Na última quinta-feira (2), o general da reserva Eduardo Villas Bôas revelou em entrevista que “todo mundo” está contra o Presidente da República.

Abuso de preço:  botijão de gás custa R$ 80 em Senhor do Bonfim; em Jacobina está sendo vendido por R$ 55  

 

De acordo com pesquisa feita pelo site falandotudo.com – o botijão de gás está sendo vendido em Senhor do Bonfim por R$ 80 –  isso significa um ágio de R$ 25 a mais que na vizinha cidade de Jacobina, onde o botijão custa R$ 55. Ou seja, a diferença de preços atinge mais de 30%.

O curioso é que no distrito de Igara, zona rural de Senhor do Bonfim, o botijão é comercializado por R$ 70. A pesquisa também aponta que uma das empresas que pratica o alto valor em Bonfim, vende em Juazeiro o mesmo botijão de 13 kg por R$ 63. Quando o assunto é o preço do combustível, NÃO MUDA NADA – Bonfim continua também praticando o preço mais caro de toda região.

Desde 2015,  a 4ª Promotoria de Justiça de Senhor do Bonfim investiga  um suposto cartel no mercado de distribuição de gás de cozinha (GLP),no município – mas até o momento,  nada foi  divulgado  sobre  o resultado da apuração.

Falandotudo.com

 

 

Senhor do Bonfim segue sem casos confirmados de coronavírus

 

A Prefeitura de Senhor do Bonfim divulgou no final da tarde desta quinta, 2 de abril, um novo boletim epidemiológico do coronavírus no município. Senhor do Bonfim segue sem casos confirmados.

Pelo novo boletim, existe 11 casos notificados,08 descartados e 47 em monitoramento. Os casos sob monitoramento referem-se aos pacientes em isolamento domiciliar com sintomas gripais,  acompanhados pelas equipes da Secretaria de Saúde.  No caso da  Bahia, o estado  já possui 267 casos confirmados e três óbitos decorrentes de complicações relacionadas ao coronavírus.

Falandotudo.com