Chapada: Disco voador de Morro do Chapéu viraliza nas redes sociais e internautas brincam; “É muito estranho”

O disco voador é tido como um dos cartões postais da cidade chapadeira.

A réplica lúdica do disco voador de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, está viralizando nas redes sociais. Alguns dos internautas chegaram a fazer especulações sobre os vídeos da transferência do equipamento, no qual está acontecendo para a construção de uma praça.

A prefeita, em outra ocasião, enfatizou que o disco é obtido como um dos cartões postais da cidade. “Disco sempre despertou curiosidade dos visitantes”, destacou a gestora Juliana Araújo (PL), que enfatiza a repercussão turística do monumento.

Essa repercussão está acontecendo até através de indivíduos que não residem na cidade. Em um dos vídeos compartilhados no YouTube, aparece o disco voador sendo transferido do local, com a Polícia Militar (PM) paralisando o trânsito, para o deslocamento, por estar sendo feita uma reforma na praça da cidade.

A pessoa que narra o vídeo chega a dizer que é algo “muito estranho” e especula que o monumento está sendo levado para fora da cidade, para ser escondido das pessoas. Os moradores do município chapadeiro e a prefeita logo acharam o vídeo bastante engraçado, assim como a análise da mulher. “É assim que se começam as fofocas”, brincou uma internauta.

prefeita Juliana anunciou que está criando uma praça, onde será feita uma plataforma que vai contar com a história do disco voador e do seu criador, Alongo Regis, referência em ufologia no Brasil. A estrutura é feita de concreto, foi criada em 1991 e tem 6,8 metros de diâmetro, além de pesar cerca de 40 toneladas.

Jornal da Chapada

 

Direção da APLB volta a criticar governo após definição da data de retorno das aulas: “Estamos sendo intimidados”

O coordenador geral da Associação dos Professores Licenciados do Brasil – Secção da Bahia (APLB-Ba), Rui Oliveira, criticou, em entrevista a José Eduardo, no programa Jornal da Bahia no ar da Rádio Metrópole, o retorno das aulas presenciais anunciadas pelo governador Rui Costa (PT). Segundo ele, o dirigente ameaçou cortar direitos e benefícios de professores e estudantes, caso desrespeitem a decisão.

O dirigente decretou a volta para o dia 26 de julho na rede estadual de ensino, em modelo híbrido.

“O que é mais razoável? Nós voltarmos com todo o gás, toda a energia, sem confusão, ou ser apelo do governador de forma unilateral, sem conversar com ninguém, intimidando cortar salários, intimidando suspender os R$ 55 dos alunos, se não voltarem. Não vão voltar porque não é dessa forma”, declarou Oliveira.

O professor ainda comparou o governo estadual à prefeitura de Salvador, a quem direcionou diversas críticas anteriormente. A situação muda com a expectativa da antecipação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para a categoria. “O que falta é o diálogo. A prefeitura de Salvador está dialogando com a APLB para antecipar a vacinação, de maneira que todos nós estejamos vacinados com a segunda dose até 15 de agosto. A prefeitura de Salvador, depois de muita confusão, está propondo praticamente isso. Não oficializaram ainda, estamos em conversação”, revela.

Em vista disso, a categoria fará uma assembleia nesta sexta-feira (16), às 10h, para reafirmar a posição de só voltarmos com a segunda dose, que deve estar concluída daqui a um mês”, indica o coordenador.

APLB

Sindicato diz que professores não vão voltar às aulas e Rui Costa ameaça corte de salário

Foto: Reprodução/TV Bahia
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira, afirmou nesta quarta-feira (14) que a categoria não vai retornar às salas de aula neste mês de julho. Já o governador do estado, Rui Costa, informou, também nesta quarta, que quem não retornar às salas, na modalidade semipresencial, terá corte salarial dos dias não trabalhados.

O governador reafirmou que as aulas semipresenciais serão retomadas em 26 de julho e acrescentou que os servidores que não cumprirem a carga horária definida será penalizado com a não remuneração, como qualquer trabalhador que falte ao posto de trabalho.

“Se você faltar [o trabalho] dias seguidos e não justificar, você não receberá o salário e eventualmente poderá ser demitido. No caso do servidor público, ele precisa faltar 30 dias seguidos para eventualmente responder um processo administrativo por abandono de emprego e não ter mais o seu emprego”, disse o governador. Rui Oliveira, do sindicato dos professores, diz que a volta não vai acontecer ainda este mês pela falta de imunização completa dos professores.

Segundo Oliveira, a decisão de retomada foi unilateral e os professores definiram que só irão retornar às salas de aula quando todos tiverem completado o calendário vacinal, o que não deve ocorrer no período definido para a volta às escolas.

Eunício compra apartamento de Ciro leiloado para pagar indenização: “Arrematei de sacanagem”

O imóvel do ex-ministro foi leiloado para pagar a indenização de R$ 450 mil que deve ao ex-presidente Fernando Collor de Mello (Pros-AL) por tê-lo chamado de “playboy safado” e “cheirador de cocaína”

EUNÍCIO OLIVEIRA (MDB) (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
EUNÍCIO OLIVEIRA (MDB) (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Ex-presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB) arrematou nessa terça-feira, 13, em leilão judicial, o apartamento do ex-governador Ciro Gomes em Fortaleza, desafeto político do emedebista. O imóvel do ex-ministro foi leiloado para pagar a indenização de R$ 450 mil que deve ao ex-presidente Fernando Collor de Mello (Pros-AL). O processo tramitou na Justiça por mais de 30 anos.

“Arrematei de sacanagem… O homem não administra nem o patrimônio dele, quer administrar o Brasil?”, diz Eunício em entrevista à Veja. O apartamento foi penhorado pela Justiça em setembro do ano passado após Ciro não quitar a dívida, que era, inicialmente, de R$ 400 mil.

A quantia diz respeito a uma condenação por danos morais, após Ciro dizer que Lula deveria ter chamado Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” durante o debate nas eleições de 1989.

unício deve comprar ainda, em leilão, outros imóveis do pedetista, a casa que Gomes recebeu do pai em Sobral e que está na mira da Justiça por outros processos perdidos por Ciro. “Vou arrematar tudo. Tá barato”.

O POVO

Rui Costa diz que aulas voltam ainda em julho e que data será anunciada nesta terça (13)

[Rui Costa diz que aulas voltam ainda em julho e que data será anunciada nesta terça (13) ]
 13 de Julho de 2021 às 10:58  Por: Divulgação/GOVBA  Por: Luiz F. Fernandez e Nilson Marinho

As aulas nas escolas estaduais da Bahia vão retornar ainda neste mês de julho de forma presencial e semipresencial, como assegurou o governador Rui Costa (PT), durante conversa com a imprensa na manhã desta terça-feira (13). A data para a volta será decidida durante uma reunião e anunciada hoje.

De acordo com ele, metade das turmas deve ir às unidades de ensino segunda, quarta e sexta, enquanto a outra parte acompanha as aulas de maneira remota. Na terça, quinta e sábado, aqueles que assistiram às aulas online voltam para o ensino presencial.

“Neste primeiro momento será de forma híbrida, mas assim que os casos caírem ainda mais vamos retornar de forma integral. Hoje anuncio a data da volta às aulas que será, necessariamente, neste mês de julho”, disse.

As aulas foram suspensas no estado em março de 2020, logo após a identificação dos primeiros casos da Covid-19 em moradores da cidade de Feira de Santana que retornavam de uma viagem à Itália, à época, epicentro da doença no mundo.

Classificação Indicativa: Livre

Após um ano e 4 meses, Capim Grosso terá volta da feira-livre

Foto: Reprodução

Após 01 ano e 04 meses sem o funcionamento normal da feira-livre de Capim Grosso, a Prefeitura, em reunião com os setores de Vigilância Sanitária, Obras e Urbanismo, Finanças, Agricultura, Fiscais da Feira Livre, Guarda Municipal, Departamento de Trânsito, Departamento de Comunicação e Administração Geral, anuncia a volta das atividades a partir do dia 19 de julho (segunda-feira).

O retorno vem compreendendo a necessidade dos feirantes de desenvolverem suas atividades e retornarem ao trabalho, junto a diminuição do número de casos e avanço da vacina contra o COVID-19 no município. Não obstante, continua a orientação das normas de saúde como o uso de máscara e a higienização com álcool em gel.

Confira detalhes do novo decreto;

DECRETO N° 074/2021

DE 06 DE JULHO DE 2021.

DISPÕE SOBRE ALTERAÇÕES DAS MEDIDAS TEMPORÁRIAS E EMERGENCIAIS DE PREVENÇÃO DE CONTÁGIO PELO COVID-19. E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE CAPIM GROSSO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e institucionais, que lhe são conferidas pela legislação em vigor;

DECRETA:

Artigo 1º – Fica PERMITIDO a partir do dia 19/07/2021 a instalação de barracas e congêneres na feira livre (Segunda-Feira), por todos os comerciantes e feirantes, independente de residir ou não no município de Capim Grosso, entretanto se faz necessário estar com cadastro ativo junto à prefeitura municipal.

Artigo 2º – A Secretaria Municipal de Urbanismo e Setor de Tributos, procederão à reorganização dos espaços, orientando os proprietários de barracas (ambulantes), que os mesmos devem continuar observando todas as normas de segurança sanitária e fazendo uso constante de máscaras e álcool em gel, em caso de descumprimento, estarão sujeitas as penalidades cabíveis na forma da Lei.

Artigo 3º – Fica SUSPENSO, a instalação de barracas e congêneres em outros locais, como praças e ruas do município, pois esta finalidade é exclusiva para a Praça José Prado Alves.

Artigo 4º – Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições contrárias.

Por Alan Rodrigues / Interior da Bahia

Facape aponta queda no preço da cesta básica no Vale do São Francisco em junho

O colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina – FACAPE, através da pesquisa mensal do Custo da Cesta Básica, comparou os valores da alimentação familiar durante os meses de maio e junho de 2021. Foi observada uma deflação, como é chamada a queda da inflação nos produtos, de -1,21% no Vale do São Francisco. Sendo que desse total, a redução foi de -0,18% em Petrolina-PE e de -2,31% em Juazeiro-BA.

Sendo feita a comparação entre o mesmo período no ano passado, é possível perceber que ocorreu uma alta de 27,79% na inflação durante um ano. Ou seja, mesmo com redução os preços continuam elevados. A alta nos preços foi sentidapela professora Simone Mousinho de Hollanda, “Cada mês que vamos no supermercado é uma surpresa, está realmente difícil, no meu caso de servidora pública desde 2019 não tivemos aumento, temos o dinheiro que pagaria o mercado daquela época e hoje não é a mesma realidade,” relatou.

Utilizando o salário mínimo como base, o Colegiado de Economia da Facape estimou o custo da cesta básica no mês de Junho de 2021 em R$ 428,31 para Juazeiro e em Petrolina em R$ 466,58, ou seja, a cesta na cidade pernambucana continua mais cara do que na baiana. Podemos perceber a redução se compararmos com o valor do mês de maio, que era de R$ 438,46 em Juazeiro e de R$ 467,42 em Petrolina.

“Infelizmente essa pequena redução não deve ser sentida no bolso dos consumidores. Os produtos estão aumentando há vários meses. As famílias têm perdido renda seja pelo desemprego, seja pela perda de poder aquisitivo pelo congelamento dos salários. Assim, o sentimento é de empobrecimento dado que outros pagamentos realizados como energia, água, combustível, continuam aumentando. Enquanto não houver aumento da renda real das famílias, redução do desemprego e queda dos preços por vários meses seguidos, os consumidores não sentirão alívio em suas contas” explicou o Coordenador da Pesquisa da Cesta básica, João Ricardo Lima.

Os alimentos com maior alta na região foram o leite integral, o café em pó e o açúcar; E os alimentos com menor redução nos preços foi o arroz e a banana. O óleo de soja continua sendo o campeão no acumulo de aumento de preço nos últimos meses 54% em Juazeiro/BA e 65% em Petrolina/PE.

 

Assessoria de Comunicação da Facape

Servidores afastados pelo prefeito Zé do Rádio forçaram mudança na comissão de processo administrativo

Os servidores municipais de Itiúba que tiveram seus decretos de estabilidade funcional e econômico-financeira suspensos pelo atual Prefeito Zé do Rádio, receberam NOTIFICAÇÃO por NOTIFICAÇÃO DE LANCE com designação de audiências de instrução (quando as testemunhas e os próprios servidores devem ser ouvidos), a partir de ontem, dia 12, previsto até o próximo dia 22.

Com a suspeita do Presidente da Comissão, JOSÉ CARLOS BATISTA DOS SANTOS, mais conhecido como “Belchior”, por declarações antecipadas de juízo de valor, muito antes de se iniciar a apuração da legalidade das estabilidades, afirmando que a atitude do prefeito tinha de ser Com a destituição de seus colegas, não teve alternativa senão renunciar ao cargo de presidente da Comissão, para evitar a nulidade de todos os atos por ele praticados.

Logo após o Decreto para instauração de Processo Administrativo, na primeira quinzena de janeiro passado, disse “Belchior”, em resposta a um interlocutor, via WhatsApp?

“Lôro, eu faço parte da Comissão. Agora eu sei o seguinte: já foi exonerado todo mundo, todo mundo que ela efetuou lá, no último minuto lá, noite a noite lá … (inaudível) … entregando a posição, ela … o … o corpo O departamento jurídico do Zé do Rádio largou tudo. Não há mão de obra lá. Já agora … (inaudível). Na verdade, ela fez foi prejudicial. Eu conversando com as pessoas de 18, 19, entre as pessoas de três, quatro, quatro anos lá, que ela queria trabalhar, você viu, aí derrubar tudo, todo mundo cai, ela fez mal … eu acredito aqui que ela vai … o órgão legal aqui vai analisar caso a caso, pra ver quem realmente tem o direito, mas já foi derrubado, teve que ser derrubado, primeiro pra realizar isso. Eu vou qualquer coisa, vou descobrir mais aqui, porque eles não falam muito, mas vou descobrir aí mesmo.

 

 

Áudio -redes sociais

Surpresa com a gravação apresentada pelo primeiro servidor que compareceu ontem de manhã, a Comissão optou por reatribuir todas as audiências que foram marcadas para ontem, causando transtorno à Administração Municipal, que teve que refazer a composição da Comissão, em substituição a “Belchior”, em uma tentativa de salvar as outras audiências designadas até o próximo dia 22.

Segundo comentários nos bastidores políticos da cidade, a Alegação de Suspeita do presidente da Comissão de Procedimento Administrativo deixou a Administração Municipal espantada, que só encontrou seu caminho no final da tarde de ontem, com a publicação de um ato administrativo, recompondo a Comissão e realocando a audiências marcadas para ontem.

Texto de JOSEMAR SANTANA

DRT / BA-181

Técnicos do Cesol Piemonte da Diamantina/Senhor do Bonfim acompanham cadastramento dos catadores da COOPERABONFIM

 

Uma equipe técnica do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) do Território do Piemonte da Diamantina/Senhor do Bonfim esteve acompanhando o cadastramento de cooperados da Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Senhor do Bonfim (COOPERABONFIM).

O cadastro no CadÚnico (do Governo Federal) foi realizado pela Secretaria de Ação Social de Senhor do Bonfim -SEMAS. O registro permite a integração dos beneficiários aos programas sociais governamentais, como por exemplo o Bolsa Família. Acompanharam a secretária da SEMAS, Taciana Granja, as coordenadoras do Cesol Ticiana Sabino e Ana Paula.

Os catadores trabalham com diversos materiais: papelão, plástico, ferro, metal, cobre e alumínio. Atualmente a Cooperativa conta com 18 cooperativados. Entre os cooperados,11 foram cadastrados na ação.

“O Cesol é uma  entidade de caráter comunitária que  articula oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na economia solidária”, destacou  a coordenadora, Taciana Sabino.

A COOPERABONFIM é apoiada pela Associação de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável e Solidário do Estado da Bahia – ADESBA. O Cesol  é fruto de uma política pública do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, e gerido pela  ADESBA.

Ascom Cesol

uazeiro: jornalista Carlos Brito se desliga do governo Suzana Ramos

Foto reprodução internet

 

 

 

De acordo com publicação no Diário Oficial do Município de Juazeiro, do último dia 9 de julho, a Prefeita Suzana Ramos exonerou do cargo de Assessor Especial de Gestão, Simbologia DAS 1, o jornalista Carlos Britto.

Brito tem um blog na cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, e foi nomeado no início da gestão de Suzana Ramos, perfazendo um salário de cerca de R$ 12.000,00.

De acordo com informações extra oficiais, obtidas pelo Portal Preto no Branco, o jornalista deverá concorrer a um processo de licitação, através da agência Plena Propaganda e Publicidade, que seria de sua propriedade, para contratação da nova empresa que fará a publicidade da Prefeitura de Juazeiro.

O edital de licitação para contratação de serviços de publicidade prestados por intermédio de agência de propaganda para atender a assessoria de comunicação da prefeitura, foi publicado no Diário Oficial do dia 8 de julho, um dia antes da exoneração do jornalista. A licitação deverá acontecer no mês de agosto. O valor anual do contrato é de R$ 5 milhões.

Veja aí Diário oficial na íntegra:

PRETONOBRANCO