Prefeitura de Capim Grosso abre processo seletivo para agentes comunitário de saúde

A Prefeitura Municipal de Capim Grosso publicou hoje, 24, no diário oficial do município o edital 001-2022, o qual torna público o processo seletivo para agentes comunitário de saúde.

processo seletivo agente comunitario saude

Com um total de 16 vagas e inscrição no valor de R$68,00, o interessado pode escolher se inscrever para diferentes locais de atuação.

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 06 de fevereiro. Todo o processo será realizado de forma online através do site Seprod, sendo necessário se cadastrar no plataforma caso não possua conta.

Você pode acessar o edital do processo clicando aqui.

 

FR Notícias | Foto: Prefeitura de Santa Inês

Prefeitura de Senhor do Bonfim inicia recuperação das estradas vicinais na região da Suíça, Mocó e Varzinha

A Prefeitura de Senhor do Bonfim através da secretaria de Infraestrutura iniciou na última sexta-feira (21), a recuperação das estradas vicinais localizadas na região da Suíça, Mocó e Varzinha. Durante todo o final de semana as maquinas realizaram o trabalho de nivelamento, alargamento, patrolamento e aterro de buracos. O prefeito de Senhor do Bonfim Laércio Junior esteve no local e acompanhou de perto o trabalho realizado durante o final de semana.

O Secretário de Infraestrutura Francisco Marinho, falou da ação de recuperação das estradas. “Ao todo serão recuperados cerca de 12 km de estradas vicinais nessa região. O trabalho foi iniciado na sexta-feira e intensificado durante todo o final de semana e acreditamos que até esta sexta-feira (28), deveremos concluir a recuperação dessas estradas”, pontuou

O Governo “O Novo Futuro” tem intensificado o trabalho de recuperação das estradas vicinais por todo o município, garantindo a sua trafegabilidade e valorizando o homem do campo, confirmando o compromisso firmado por esta gestão. Vale ressaltar que muitas dessas estradas não passam por manutenção a muito tempo e somente agora volta a receber o olhar da administração municipal.

ASCOM – PMSB –

Preço dos combustíveis é novamente reajustado em Mataripe

Medida foi anunciada pela Acelen, empresa criada pelo fundo Mubadala para gestão da refinaria baiana. (Foto ilustração)

De acordo com o fundo, o aumento será de R$ 0,052 por litro do óleo diesel S10 e de R$ 0,074 por litro da gasolina

A Acelen, empresa criada pelo fundo Mubadala para gestão da Refinaria Mataripe, antiga Landulpho Alves e negociada pela Petrobras no último ano, anunciou novo aumento no preço dos combustíveis.

De acordo com o fundo, o aumento será de R$ 0,052 por litro do óleo diesel S10 e de R$ 0,074 por litro da gasolina, a partir de sábado, 22.

Na última semana, a Acelen já havia praticado aumento ao reajustar os preços em R$ 0,1956 para o diesel e de R$ 0,0468 para o litro da gasolina.

Com a aquisição da refinaria de Mataripe, que representa 14% da capacidade de refino no país, a Acelen tem liberdade para praticar seus preços com independência daqueles praticados pela Petrobrás. O fundo Mubadala pagou, ao todo, US$ 1,8 bilhão pelo ativo. (A Tarde)

Sesab suspende visitação em unidades estaduais por conta da pandemia

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) atualizou as Notas Técnicas que trazem orientações sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados na vigência da pandemia pela Covid-19. Os documentos apontam recomendações sobre visitas nas unidades estaduais, acompanhantes, cirurgias eletivas e campanha vacinal contra a Covid-19. (Foto ilustração)

De acordo com a Nota Técnica Nº 66, fica determinada a suspensão das visitas em todas as unidades de internação, sejam enfermarias ou em unidades fechadas como UTIs e Centro Cirúrgico por conta do aumento do número de casos de Covid-19 em toda Bahia. “As unidades de saúde devem incentivar as visitas virtuais, através de vídeo chamadas ou ligações, através da equipe multiprofissional, conforme o Manual de Orientações para reunião virtual com a equipe de assistência, disponível no site da Sesab”, explica o documento. É autorizada a permanência de um acompanhante para pacientes acima de 60 anos, portadores de necessidades especiais, menores de 18 anos ou em cuidados paliativos.

A normativa técnica estabelece ainda que as unidades de saúde devem exigir comprovação de esquema vacinal completo, por meio de cartão de vacinação ou meio eletrônico, através do aplicativo ConecteSUS do Ministério da Saúde – ou aplicativo próprio do município de residência, caso exista. O esquema vacinal completo deve estar de acordo com o Plano Nacional de Imunização, que recomenda a primeira, segunda e terceira doses, com intervalos entre a segunda e terceira dose de 150 dias.

Cirurgias eletivas

Não há orientação para a suspensão de cirurgias eletivas em virtude da Covid-19. A recomendação permanece a mesma desde maio de 2021, cuja recomendação é que sejam realizados procedimentos de modo seguro. Cada unidade deve estabelecer estratégias de priorização da agenda cirúrgica, observando sempre as características inerentes a cada especialidade cirúrgica e as condições clínicas do paciente, cuja espera possa piorar o prognóstico da doença.

Os procedimentos devem ser cancelados, salvo casos de urgência e emergência, caso o paciente apresente febre ou qualquer outro sintoma respiratório nos últimos 10 dias, assim como tenha tido contato próximo com pessoa diagnosticada com Covid-19 nos 14 dias que antecederem a cirurgia.

Gestantes e Puérperas

No caso dos acompanhantes de gestantes e puérperas, buscando reduzir o fluxo de pessoas circulando nas unidades de saúde, cada paciente passa a ter direito a um acompanhante durante toda a evolução do trabalho de parto, desde que seja respeitado o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas presentes na sala, contando com a equipe de saúde e as outras parturientes. O acompanhante deve utilizar máscara cirúrgica durante todo o período que estiver na unidade de saúde e ser orientado quanto aos cuidados gerais de contato e higienização. Para as pacientes menores de 18 anos, o acompanhante deverá ser o pai, a mãe ou o responsável legal pelo mesmo. (Ascom/Sesab)

Coité: Idosa mais velha da Bahia e 2ª do país morre aos 116 anos

A então idosa mais velha da Bahia, e segunda do país, veio a óbito na noite deste domingo (23) em Conceição do Coité, na região sisaleira. Antônia Santa Cruz estava com 116 anos e 217 dias e faleceu por causas naturais no distrito de Salgadália. Segundo o Calila Notícias, parentes da idosa contaram que ela reclamava de dores no corpo na noite do sábado (22).

 

Os familiares disseram também que a mulher estava acamada há um mês, mas sem indicativo de uma doença específica. Ainda segundo relato, Antônia Santa Cruz era a mais velha de uma família que tem mais uma irmã, de 107 anos, que mora no Rio de Janeiro.

O irmão mais novo da idosa morreu há pouco mais de um ano depois que completou 100 anos. Dona Antônia é velada na residência da família ao lado do estádio de futebol. O sepultamento está previsto para ocorrer às 16h desta segunda-feira (24).

BAHIA NOTICIAS

Cesol Piemonte da Diamantina e Municípios faz visita técnica a empreendimentos solidários em Antônio Gonçalves

 

Agentes Daniel e Maria Isabel

Uma equipe do Cesol Piemonte da Diamantina e Municípios esteve na última quinta (20), visitando grupos de pessoas que produzem e comercializam seus produtos com base nos princípios da Economia Solidária.

A equipe visitou as comunidades de Bananeira dos Pretos, Grota da Gia e Caldeirão do Mulato, zona rural de Antônio Gonçalves. Às visitas de campo com a presença dos técnicos do Cesol  tem o objetivo de possibilitar a expansão dos negócios com a introdução de novas metodologias e práticas coletivas.

 

Produção de rapadura na comunidade de Bananeira dos Pretos

Na comunidade quilombola de Bananeira dos Pretos, o empreendimento que recentemente saiu no programa Globo Rural (da Rede Globo) com a sua  produção de rapadura de cana -de -açúcar, foi  o primeiro  a receber  os técnicos do Centro Público de Economia Solidária (Cesol).O projeto beneficia mais de 30 famílias da comunidade e adjacência .

Em Grota da Gia, a equipe deu continuidade ao atendimento da produção realizada pelo grupo Menino das Flores. As abordagens empreendimentos acontecem desde de 2021.A produção tem dez pessoas ligadas diretamente na produção.

O dia de visitas  também acompanhou o coletivo de Mulheres do Artesanato e sua produção de panos de prato, que beneficia oito famílias,  na comunidade de Caldeirão do Mulato. Os empreendimentos visitados estarão em breve comercializando os produtos na  Loja Empório do Piemonte  e na Rede Meu Sertão.

Meninos das Flores 

 

As atividades desenvolvidas nos empreendimentos visitados também tem o apoio do PróSemiáridoprojeto do Governo da Bahia, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

Produção de panos de prato em Caldeirão do Mulato

Ação pioneira em todo o Brasil no âmbito das ações de governos estaduais, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol’s) é o símbolo mais expressivo das iniciativas que vão desenhando uma política pública para a economia solidária, articulando formação, incubação, crédito e apoio direto a empreendimentos.

 

CESOL

Tribunal de Justiça da Bahia  inaugura nova sede dos Juizados Especiais de Senhor do Bonfim

 

A Justiça da Bahia entregou nesta quinta-feira (20.jan.2021) a nova sede dos Juizados Especiais Cíveis da Comarca de Senhor do Bonfim. O novo endereço fica localizado na Av. Antônio Carlos Magalhães, 192, defronte a UNIVASF, e deve disponibilizar à população serviços judiciais com maior agilidade e praticidade.

A solenidade contou com a presença ilustre do Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Desembargador Lourival Almeida Trindade. A nova sede dos juizados especiais  funciona  das 7 às 13 horas e atende pelo número: (74) 3541-3555. O juizado será comandado pelo Juiz titular da Vara do Sistema dos Juizados, Tardelli Cerqueira Boaventura

A criação dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais (Lei no 9.099/95) ocorreu sob a inspiração da referida Lei no 7.244/84 (Juizados de Pequenas Causas), objetivando desafogar o contingente crescente de demandas judiciárias brasileiras, trazendo mais eficiência e eficácia à válida experiência do Juizado Informal.

 

FALANDOTUDO.COM

 

Morre a mãe de Bolsonaro, aos 94 anos, no interior de SP

CRISTINA CAMARGO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A mãe do presidente Jair Bolsonaro (PL), Olinda Bolsonaro, morreu nesta sexta-feira (21), aos 94 anos, em Registro, no interior de São Paulo, onde estava internada desde segunda-feira (17).

A morte foi confirmada por Bolsonaro em uma publicação nas redes sociais. “Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, ele escreveu. “Nesse momento me preparo para retornar ao Brasil”

O presidente está em viagem oficial ao Suriname, em uma agenda voltada para cooperação na área de energia. Estava prevista uma visita da comitiva presidencial à Guiana nesta sexta-feira

Olinda morava em Eldorado, cidade de 15 mil habitantes no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Foi internada em um hospital de Registro, a 56 km de distância. O motivo não foi revelado pela família.

Em 2019, uma das irmãs de Bolsonaro contou à Folha que a mãe tinha lapsos de memória, gostava de assistir programas sobre gastronomia e vida no campo na TV e havia abandonado seu principal hobby, a pintura, que aprendeu em um curso por correspondência.

A mãe de Bolsonaro fazia parte de uma família de imigrantes italianos, era dona de casa e passou parte da vida na zona rural. Ela e o marido, o dentista prático Percy Geraldo Bolsonaro, morto em 1995, tiveram sete filhos. O presidente é o terceiro.

Em agosto do ano passado, o presidente visitou a mãe. Estava acompanhado de três filhos, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos). Na ocasião, ele disse que Olinda não o reconhecia mais.

Safra de acerola em Sobradinho deve aumentar até 60%

 

Em tempos de pandemia e surtos de gripe, as pessoas estão buscando, cada vez mais, fortalecer a imunidade e algumas frutas ajudam nesse processo, a exemplo da acerola, uma fruta pequena, mas muito rica em vitamina C. Agricultores familiares de comunidades rurais do município de Sobradinho, Território de Identidade Sertão do São Francisco, apostam na produção da fruta.

Por lá, a safra da acerola promete ter um aumento de mais de 60% neste ano. A colheita dos filiados à Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso (Cooperparaíso) teve início no último mês de novembro. A previsão é que termine no próximo mês de maio e alcance 700 toneladas. No ano passado, foram colhidas 450 toneladas da fruta.

A Cooperparaíso se destaca no mercado orgânico com a produção de 200 hectares de acerola, que é vendida, in natura, para a multinacional Sono Brasil, empresa inglesa com sede no município baiano de Nova Soure. A multinacional é responsável pelo processamento de frutos tropicais e transforma a acerola em vitamina C, para o mercado europeu.

O Governo do Estado, por meio dos projetos Pró-Semiárido e Bahia Produtiva, investiu cerca de R$ 6,2 milhões na cooperativa. Os recursos foram direcionados para a requalificação da Agroindústria Polivalente de Frutas, estruturação da base produtiva, construção de adutoras, apoio à gestão e produção, equipamentos, máquinas, assistência técnica e extensão rural (Ater), entre outros investimentos.

Com os recursos aplicados foi possível lançar uma linha de sucos concentrados de acerola, com 70% de polpa e 30% de água, levemente adocicados e orgânicos e também sucos de manga, com 90% de polpa, sem adição de açúcares. Os produtos são vendidos na região ou sob encomenda.

A agroindústria representa o fortalecimento do sistema produtivo da fruticultura irrigada e beneficia 232 agricultores familiares que produzem frutas na região, gerando uma renda mensal de até R$5 mil.

De acordo com o presidente da cooperativa, Josivan Souza, as expectativas para 2022 são as melhores. “Os agricultores estão incentivados a aumentarem o plantio e a ingressarem nessa nova atividade, mais rentável. A receita da cooperativa, que no ano passado foi de R$1,5 milhão, deve aumentar para R$2 milhões”.

Benefícios

Além de favorecer os agricultores e agricultoras familiares, que avançaram na comercialização dos produtos, quem se beneficia com a safra de acerola e de outras frutas, deste período, como maracujá e umbu, são os consumidores. De acordo com o nutricionista do Instituto de Assistência Multidisciplinar Especializada (IAME), Tom Fraga, o consumo das frutas, nas suas diversas formas, ajuda desde o trânsito intestinal, envelhecimento precoce ao tratamento do diabetes, e também a melhoria da imunidade.

“São frutas ricas em fibras e em minerais, como cálcio, potássio, magnésio, zinco. Em vitaminas A e C e algumas vitaminas do complexo B. As vitaminas têm funções que auxiliam o fortalecimento do sistema imune, favorecendo assim o combate a gripes, resfriados e a possíveis infecções que possamos vir a ter. Então, são frutos magníficos, muito ricos e que devem estar presentes sempre que possível, no nosso dia a dia”, destaca Tom Fraga.

Há exatos 15 anos, morria Dom Jairo Rui Matos da Silva, quinto bispo da Diocese de Bonfim

Dom Jairo Rui Matos da Silva, quinto bispo da Diocese de Bonfim morreu no dia 12 de janeiro de 2007.Seus restos mortais  esta sepultado na própria Catedral Diocesana.Baiano de Castro Alves, durante 32 anos, de 1974 a 2006, Dom Jairo foi bispo de Bonfim e se destacou pelo trabalho social, em defesa da vida e do meio ambiente.

Dados Biográficos

Nasceu aos 03 de julho de 1929, filho de Dário Borges da Silva e Eutália Matos da Silva, na cidade de Castro Alves (BA). Fez os estudos iniciais em sua terra natal. Em 1942 ingressou no Seminário Menor de São Vicente de Paulo (em Itaparica) pela Arquidiocese de São Salvador que era dirigido pelo arcebispo primaz D. Augusto Álvaro da Silva, mais tarde elevado a cardeal. Dois anos depois foi transferido para Salvador (Seminário São José), onde continuou os estudos eclesiásticos.

Teve como formadores os padres lazaristas. Terminou os estudos filosóficos e teológicos, em 08/12/1954. e foi ordenado sacerdote na Igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Castro Alves (BA). O bispo que o ordenou foi dom Florêncio Sizinio Vieira (de Amargosa).

Foi nomeado Vigário paroquial de Santo Antonio de Jesus (em 29/12/1954). Após a morte do pe. Antonio Oliveira, titular, foi nomeado pároco. Em 11/01/1963 foi transferido para Jequié (paróquia Santo Antonio de Pádua). Ali permaneceu durante 11 anos, até sua nomeação como bispo da diocese de Bonfim (aos 16 de janeiro de 1974), pelo papa Paulo VI.

Foi ordenado bispo no dia 05 de maio na praça da Igreja Matriz de Jequié. Chegou à cidade de Sr. do Bonfim no dia 02 de junho de 1974, tomando posse com 5º bispo da diocese. No dia 08/12/2004 celebrou o 50º aniversário de ordenação sacerdotal e 30º aniversário de ordenação episcopal com um grande número de fiéis, presbíteros, religiosos e religiosas, bispos, amigos e amigas de seminário (ainda vivos). Durante esses anos de magistério episcopal à frente da diocese de Bonfim, podemos destacar alguns de seus trabalhos. Restaurou um prédio dos Vicentinos, onde funciona desde 1975 um Artesanato que já preparou até hoje mais de 500 (quinhentas) pessoas pobres.

Reformou o atual Ginásio Diocesano, adaptando-o, também, para formação de agentes da pastoral. Criou o boletim mensal intitulado “Ressurreição e Vida” cujo 1º número saiu no mesmo mês de sua chegada. Apoiou a fundação do sindicato dos trabalhadores rurais e a Associação das Lavadeiras de Senhor do Bonfim. Adquiriu e recuperou algumas casas, salões paroquiais, igrejas e capelas. Construiu uma nova cúria, tendo ao lado um salão – Auditório e um conjunto de salas para as diversas comissões de trabalho pastoral.

Introduziu a prática das Assembléias diocesanas para avaliação e planejamento das atividades apostólicas e dividiu a diocese em 5 Zonais a fim de que as paróquias mais próximas pudessem se encontrar para revisão e planejamento dos trabalhos de evangelização. Aceitou e incentivou o projeto “Igreja Irmãs” entre as diocese de Santa Catarina e as da Bahia. Fundou a Obra Kolping cuja finalidade é formar a juventude pelo trabalho, pela religião e pela recreação. Promoveu a “Missão da terra” para irmanar e esclarecer os camponeses no seu esforço e na sua conquista por um mundo mais justo.

FALANDOTUDO.COM

Curta nosso Instagram: @falandotudo.com2