Daniel Alves chega de chinelo em apresentação oficial no Barcelona; assista

Daniel Alves chega de chinelo em apresentação oficial no Barcelona; assista

Foto: Divulgação / FC Barcelona

O lateral-direito Daniel Alves foi apresentado oficial no Barcelona nesta quarta-feira (17). Aos 38 anos, o veterano retorna ao clube espanhol e vestirá a camisa 8, que foi do meia Iniesta durante sua primeira passagem. Porém, o que chamou mais atenção foi o calçado que o baiano usava na chegada ao Camp Nou antes do evento começar.

 

“Eu estou usando chinelos, porque muitas coisas podem mudar, mas outras não”, afirmou em entrevista à Barça TV. “Nem nos meus melhores sonhos tinha imaginado estar aqui neste momento. Muita gente fala que a primeira vez é inesquecível, mas acho que a segunda será ainda mais. Vocês me fazem sentir muito especial. E isso não mudou nem vai mudar nunca. Viva Barça! Viva Catalunha!”, completou.

Daniel Alves assinou contrato com o Barcelona até o final da temporada, mas com possibilidade de renovação por mais uma. Ele só poderá reestrear pelo Barça a partir de 1º de janeiro, quando reabrirá a janela de transferências na Europa. O primeiro compromisso dos Culés após essa data é logo no dia seguinte (2), na visita ao Mallorca, pela 19ª rodada do Campeonato Espanhol.

“Dizer que estou muito feliz é pouco. O sentimento que tenho é indescritível. Vou experimentar coisas que sei que são incríveis. Agora tenho que trabalhar muito”, falou o baiano.

Daniel estava sem clube desde que deixou o São Paulo em setembro. Após a saída do Tricolor, ele recusou propostas do Fluminense, do Athletico-PR e de clubes do México e do Catar, optando por ficar parado durante o restante do ano de 2021. Sonhando em disputar a Copa do Mundo de 2022 pela Seleção Brasileira, aguardou novas ofertas visando a reabertura da janela de transferências da Europa.

 

“Foi muito curiosa. Falei com o presidente. Queria voltar para ajudar mesmo que não me pagassem nada. Não prometo nada que não possa cumprir. Insisti muito. Até que ele me disse que era o Xavi quem tomava a decisão. Então pensei que ele ia voltar. Eles aumentaram as minhas opções porque ele sabe como eu sou. Quando ele me ligou, lembrei a ele que estava sempre pronto para ajudar”, explicou.

Sobre a camisa 8, que pertencia ao companheiro Iniesta durante a primeira passagem pelo clube, ele disse que outro ídolo, o búlgaro Hristo Stoichkov, também serviu de inspiração para a escolha da numeração.

“Não importa o que está atrás (da camisa), mas o que está dentro. Mas eu mandei uma mensagem para Iniesta para pedir sua permissão e mostrar-lhe meu respeito”, contou.

A primeira passagem de Daniel Alves pelo Barcelona durou oito temporadas entre 2008 e 2016. O baiano disputou 391 jogos, marcou 23 gols, deu 77 assistências e ajudou na conquista de 23 títulos, dentre eles três Liga dos Campeões da Europa e seis do Campeonato Espanhol. Ele é o segundo estrangeiro com mais partidas pelo Barça, perdendo apenas para o argentino Lionel Messi.

“Mudei em muitas coisas, mas em uma não: os torcedores do Barça vão ver minha alma e o meu espírito. Se gostaram da minha primeira versão vão gostar ainda mais da segunda. Estou mais maduro. A resposta será vista no campo de jogo. Vou honrar esta camisa. Pode ser a última que eu vá vestir. Tenho um objetivo muito claro: jogar a Copa do Mundo de 2022. Coisas especiais acontecem aqui, em Barcelona, e agora quero desfrutá-las”, finalizou.

BN