Senhor do Bonfim ganhará novas sedes das Polícias Civil e Técnica

A cidade de Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, ganhará novas sedes da 19ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil, da Delegacia Territorial e da Coordenadoria Regional de Polícia Técnica. Cerca de R$ 5 milhões são investidos nos novos espaços de atendimento ao público, localizado no bairro do Derba. A expectativa é que a população do município já possa contar com as estruturas no início do segundo semestre deste ano.
A área de 1.200 m2 foi dividida em dois grandes módulos, um da Polícia Civil e outro do Departamento de Polícia Técnica. Com a acessibilidade facilitada desde a entrada, a Delegacia Territorial funcionará na parte térrea e contará com cartório, salas de investigação, de reconhecimento, espaço para custódia temporária de presos, alojamento, copa e das salas de atendimento ao público.
Já a parte superior vai abrigar a 19ª Coorpin, que dispõe de espaços para audiência, cartório, arquivo, salas de investigação e de material apreendido, além de uma área para treinamento com capacidade para mais de 60 lugares.
“Essa é uma demanda antiga de moradores de Senhor do Bonfim. Entendemos que só através da construção de novas estruturas seria possível oferecer, além de um bom atendimento, mais conforto e comodidade tanto para os policiais, quanto para a população”, afirmou o secretário da Segurança Ricardo Mandarino.
 
Polícia Técnica
Outro módulo no mesmo terreno passará a abrigar Coordenadoria Regional de Polícia Técnica, com imóvel independente destinado ao Instituto Médico Legal. A CRPT de Senhor do Bonfim possui espaço destinado à custódia de materiais, laboratório, arquivo, ao setor de criminalística, sala para coordenadores, de reuniões e de protocolo, consultório de sexologia, além de alojamento para os plantonistas.
Já a nova sede do Instituto Médico Legal possui planta independente e funcionará ao lado da CRPT.
Investimento
As unidades fazem parte do pacote de modernização das estruturas da Secretaria da Segurança Pública no Estado. Só no primeira etapa, mais de R$ 80 milhões estão sendo investidos na construção de novas sedes em todas as regiões da Bahia. Também há aplicação de recursos em reformas e manutenções. Outras duas etapas estão em curso com licitações já realizadas e em tramitação.
Na última semana, o governador Rui Costa também assinou ordem de serviço para investimento de aproximadamente R$ 30 milhões na construção de novas sedes da 26ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Brotas), 12ª CIPM (Rio Vermelho) e a construção de uma nova Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp). Também serão reformadas a Vila Policial Militar do Bonfim, a 50ª CIPM, em Sete de Abril, e a 37ª CIPM (Liberdade), no bairro do IAPI.
O valor também será aplicado na construção de novo espaço para Academia da Polícia Civil (Acadepol), no bairro de São Cristóvão, e uma nova Delegacia no bairro de Valéria. Além disso, a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) será reformada, e a 10ª Delegacia Territorial (DT) de Pau da Lima ganhará uma nova sede. Já a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), em Brotas, passará por obras de requalificação.
SSP-BA / Fotos: Kelly Hosana

Homicídios no norte baiano reduzem em abril deste ano, comparados a 2021

 

O número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) tiveram redução em abril último, comparado ao mesmo período de 2021, no norte da Bahia. Os dados são Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), que abrange 53 municípios de sua jurisdição.

As unidades operacionais da instituição apresentaram os seguintes índices de homicídios:

  • 6º BPM – redução de -66,7% (9 Crimes Violentos Letais e Intencionais em 202(CVLIs) 3 em 2022, o que corresponde a -6 CVLIs em números absolutos);
  • 20º BPM – redução de -14,3% (7 CVLIs em 2021, 6 em 2022 – redução de um CVLI em números absolutos);
  • 24ª CIPM – redução de -20% (10 CVLIs em 2021, 8 em 2022 – redução de dois CVLIs em números absolutos);
  • 73ª CIPM – redução de -100% (dois CVLIs em 2021, 0 em 2022 – redução de dois CVLIs em números absolutos);
  • 74ª CIPM – redução de -83,3% (6 CVLIs em 2021, um em 2022 – redução de 5 CVLIs em números absolutos);
  • 75ª CIPM – redução de -75% (4 CVLIs em 2021, um em 2022 – redução de 3 CVLIs em números absolutos);

Juazeiro

Quanto a Juazeiro, município-sede do CPRN e que comporta quatro Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM)s – a 73ª, 74ª, 75ª e 76ª, bem como uma Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT-N) – a queda de homicídios chegou a -46,2%* (13 CVLIs em 2021, 7 em 2022 – redução de 6 CVLIs em números absolutos).

relatório também apresenta dados referentes à Região Integrada (RISP) e à Área Integrada de Segurança Pública (AISP), disponibilizados no link do Blog.

Metade da população baiana vive na Região Semiárida; diz SEI

Dos 417 municípios baianos, 283 pertencem à região, representando 85,2% de todo o território da Bahia

116

VIRAM

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento, lança nesta terça-feira (03/05) um compêndio de dados econômicos e sociais do Semiárido Baiano.

Dentre os estados brasileiros, a Bahia detém a maior quantidade de municípios na Região Semiárida. Dos 417 municípios baianos, 283 pertencem à região, representando 85,2% de todo o território da Bahia.  A população do estado residente no semiárido, em 2021, era de 7,6 milhões de pessoas.

Concentrando uma elevada parcela da população e pouco mais de 4/5 do território do estado, o Semiárido baiano apresentava indicadores socioeconômicos aquém dos verificados para a média do estado. Em 2019, o PIB do semiárido baiano equivalia a R$ 107,7 bilhões, o que representava 36,7% do PIB estadual. E o PIB per capita de R$ 14.228, era menos da metade do PIB per capita do estado.

Semiárido brasileiro

Em 1989, a Lei 7.827 delimitou o Semiárido brasileiro, porém, em 2021 a Resolução Condel / Sudene nº 150 de 13/12/2021 alterou sua composição oficial, que inclui os municípios baianos componentes deste espaço que historicamente sofre com dificuldades de chuvas, acesso à água e questões ligadas ao solo, afetando diretamente a manutenção da vida cotidiana.

Nessa nova conformação, o Semiárido passou a abranger 11 estados brasileiros entre as regiões Nordeste e Sudeste. Além de todos os 9 estados nordestinos, o norte de Minas Gerais e o noroeste do Espírito Santo também fazem parte do Semiárido.

Foram acrescentados à região semiárida 165 novos municípios, sendo os estados do Maranhão e Minas Gerais àqueles que mais receberam novos municípios. Ao todo são 1.427 municípios, abrangendo 31,2 milhões de habitantes. A região abrange 14,6% da população brasileira. Quando considerado exclusivamente a população nordestina, o Semiárido concentrava 47,9% da população total dessa região.

Balanço parcial aponta que Bahia terá 476 mil eleitores a menos nas eleições de 2022

Foto ReproduçãoSe a eleição deste ano fosse hoje, a Bahia teria 476.494 eleitores a menos que na eleição de 2020. Naquele ano, eram 10.893.320 aptos a votarem. Este ano, até abril, eram 10.416.826 títulos registrados, uma queda de 4,4%. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Os baianos têm até esta quarta-feira (4) para tirar, atualizar e regularizar o título de eleitor e, assim, poderem votar nas eleições deste ano.

Com os números de abril, a Bahia é o quarto maior colégio eleitoral do país, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Vale ressaltar que, se comparado com as eleições de 2018, a última para presidente, houve um aumento de 0,23% no número de títulos (eram 10.393.166 em outubro, mês das eleições). Historicamente, é nos anos de eleições municipais que o TRE registra mais títulos.

Para o Secretário de Planejamento, Estratégia e Eleições do TRE-BA, Victor Xavier, a queda em relação a 2020 pode ser explicada pela pandemia. Naquele ano, existiam mais aptos a votarem, mas muita gente deixou de ir às urnas por causa da covid-19. Na Bahia, a abstenção foi de 20%. Em Salvador, de 26,46%, a maior das últimas duas décadas, considerando apenas as eleições municipais.

“Com a pandemia, uma parcela de eleitores não foi votar na eleição de 2020, contribuindo para o cancelamento de títulos. Mas, no final de março, o TSE perdoou esses eleitores que não votaram e nem justificaram em 2020, então isso deve impactar nos dados aí até o fechamento do cadastro. Esperamos que, com isso, os números de eleitores aptos voltem ao patamar da última eleição”, diz o secretário.

A faixa etária que mais perdeu eleitores é a superior a 79 anos, com 45% de queda. Para os cidadãos a partir de 70 anos, o voto não é obrigatório. A segunda maior queda está na faixa de 25 a 34 anos: 8% a menos, de 2.281.184, em 2020, para 2.100.752, em 2022. Confira no final da reportagem os percentuais de todas as faixas etárias.

Victor Xavier acrescenta na justifica da queda o desencanto da população pela política e pelo processo eleitoral. “Imaginamos que as pessoas se desencantam com o processo político, perdem a vontade de se manifestar nas urnas. Mas defendemos que esse não é o caminho. O caminho correto para um país que quer ser democrático é a participação popular, o comparecimento às urnas”, coloca.

Número de eleitores entre 16 e 17 anos cresce na Bahia

Na contramão do número geral de eleitores aptos a votar, a faixa etária de 16 a 17 anos, que não é obrigada a comparecer às urnas, cresceu. De novembro de 2020 (mês das eleições) para abril de 2022, o crescimento foi discreto, de 0,4%, passando de 122.279 para 122.744. Mas, se considerados os dados de outubro de 2018 (quando ocorreram as últimas eleições presidenciais), o aumento é de 17,3%.

Outro dado positivo é que, de janeiro a abril de 2022, o número de novos títulos gerados para eleitores dessa faixa etária saltou de 55.810 para 122.744, um aumento de 120%. Mas, segundo dados do IBGE de 2019 (os mais recentes para estimativa populacional), os jovens entre 16 a 17 anos com título de eleitor somam ainda somente 25% do total de baianos nessa faixa etária (488 mil).

O aumento é resultado de intensa campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e de famosos através das redes sociais. Uma das campanhas foi a Seu Voto Importa, conduzida pela organização global Girl Up, voltada à igualdade de gênero e associada à Organização das Nações Unidas (ONU), que contou com representantes na Bahia.

Carla Iasmin participou de campanha para mobilizar jovens a tirarem o título (Foto: Arquivo Pessoal)
Em Alagoinhas, um grupo de cinco meninas se reuniu para sair às ruas incentivando os jovens de 16 a 17 anos a tirarem o título de eleitor. Uma das integrantes é Carla Iasmin Queiroz, de 18 anos. Ela conta que fizeram panfletagem nas ruas e foram até três escolas da cidade para conversar com alunos e tirar o título deles através da internet. O grupo conseguiu alcançar 500 jovens e tirou cerca de 40 títulos. Carla Iasmin diz que percebeu um grande interesse dos jovens pela política e conta o que a mobiliza.

“É importante que a gente se envolva na política para conquistarmos as nossas demandas. Se a gente quer que algo mude, precisamos fazer alguma coisa. Os jovens têm demandas específicas, como a preocupação com o meio ambiente e com a preparação para o mercado de trabalho. É preciso que estejamos mobilizados e também representados na política para que a nossa voz seja ouvida”, diz a jovem.

Confira as respostas para as principais dúvidas:

Quais serviços e alterações devem ser feitas até 4 de maio?

Além de tirar o primeiro título, esse prazo é para todo tipo de alteração no título de eleitor, como local de votação, inclusão de nome social, mudança de nome ou domicílio eleitoral e regularização de título cancelado.

O prazo de 4 de maio é para concluir ou dar entrada no serviço?

O eleitor deve solicitar o serviço até o dia 4 de maio, seja presencialmente ou por canais virtuais. O prazo para conclusão de cada serviço é variável, mas, com a solicitação até 4 de maio, o eleitor terá seu direito ao voto garantido nas eleições deste ano.

Quando ocorrem as eleições e para quais cargos?

As eleições gerais no Brasil em 2022 estão agendadas para o dia 2 de outubro, em primeiro turno, e 30 de outubro em segundo turno, onde houver. A votação é para os cargos de presidente, governador, senador, deputados federais e deputados estaduais.

Quem pode votar?

De acordo com a Constituição Federal, o voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão, nato ou naturalizado, alfabetizado, com idade entre 18 e 70 anos. O voto é facultativo para os jovens com 16 e 17 anos, para as pessoas com mais de 70 anos e para os analfabetos. Poderão votar jovens que completarem 16 anos até a data da próxima eleição (2 de outubro). Os presos provisórios e jovens que cumprem medidas socioeducativas também têm o direito de votar, por não estarem com os direitos políticos suspensos, de acordo com o inciso III do artigo 15 da Constituição Federal.

Não cadastrei minha biometria. Posso votar?

Quem está com o título eleitoral regular, mas ainda não fez o cadastramento biométrico poderá votar normalmente nas Eleições 2022. A coleta da biometria está suspensa em todo o Brasil, desde março de 2020, em virtude da pandemia da covid-19. A suspensão da coleta das digitais de eleitoras e eleitores foi determinada pelo TSE. Ainda não há previsão para que o cadastramento seja retomado.

Não votei e não justifiquei na eleição passada. Posso votar este ano?

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prorrogou a suspensão, por prazo indeterminado, das consequências previstas no art. 7º do Código Eleitoral para os eleitores que deixaram de votar nas Eleições 2020 e não apresentaram justificativas ou não pagaram a respectiva multa. Com a decisão, o eleitor que não compareceu às urnas em 2020 poderá votar normalmente nas eleições deste ano.

Deixei de votar e não justifiquei em eleições passadas. O que fazer para poder votar este ano?

O primeiro passo é consultar o sistema e quitar débitos ou multas. Cada ausência não justificada custa R$3,00. Quem não tem condições financeiras pode requerer a isenção a um juiz através do cartório eleitoral. Para pagar, basta gerar a Guia de Recolhimento da União (GRU) pelo site ou aplicativo e-Título e aguardar a identificação da quitação pela Justiça Eleitoral e o registro na inscrição pela zona eleitoral onde for inscrito. O pagamento pode ser feito por boleto, cartão de crédito ou até mesmo Pix. Após realizado o pagamento, é necessário aguardar sua identificação pela Justiça Eleitoral e o registro da quitação do débito pela zona eleitoral da inscrição.

Saiba como tirar o título de eleitor e fazer alterações no cadastro até 4 de maio
Atendimento presencial:
Os cartórios eleitorais de todo o estado estão abertos para o público mediante agendamento, que pode ser feito pelo portal do TRE-BA https://agendamento.tre-ba.jus.br/agendamento/publico/index.jsp ou por telefone (71) 3373-7000.

Atendimento online:
Os eleitores podem contar com o auxílio do Núcleo de Atendimento Virtual ao Eleitor (NAVE), que pode ser acessado pelo site do TRE-BA (www.tre-ba.jus.br), pelo Telegram (@maiatrebot) e pela central telefônica (71) 3373-7000, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h. O número também é WhatsApp, que funciona 24 horas por dia.

TRE Em Todo Lugar:
Um caminhão itinerante oferecerá os serviços até o dia 4 de maio em três cidades baianas: Santo Amaro, Inhambupe e Ubaíra. Nestas localidades, o horário de atendimento ocorrerá das 8h às 19 horas. Em Santo Amaro, o caminhão ficará estacionado na Praça da Purificação. Em Inhambupe, o serviço ocorrerá em frente à Escola Luiz Coelho. Já em Ubaíra, o atendimento será na Praça dos Três Poderes, localizada no Centro.

Eleitores aptos a votar em 2022: (Dados de abril)

*47% de homens e 53% de mulheres

16 a 17 anos: 122.744
18 a 20 anos: 513.653
21 a 24 anos: 904.075
25 a 34 anos: 2.100.752
35 a 44 anos: 2.319.057
45 a 59 anos: 2.567.170
60 a 69 anos: 1.129.485
70 a 79 anos: 569.333
Superior a 79 anos: 182.450

Eleitorado baiano por grau de instrução em 2022: (Dados de abril)

Analfabeto: 7,7%
Ensino Fundamental completo: 5,1%
Ensino Fundamental incompleto: 20%
Ensino Médio completo: 24,1%
Ensino Médio incompleto: 16,8%
Lê e escreve: 9,9%
Superior completo:9,7%
Superior incompleto: 6,3%

Eleitores aptos a votar em 2020: (Dados de novembro, mês de eleição)

*47,5% de homens e 52,5% de mulheres

16 a 17 anos: 122.279
18 a 20 anos: 535.043
21 a 24 anos: 925.931
25 a 34 anos: 2.281.184
35 a 44 anos: 2.383.469
45 a 59 anos: 2.574.567
60 a 69 anos: 1.125.732
70 a 79 anos: 612.096
Superior a 79 anos: 332.838

Eleitores aptos a votar em 2018: (Dados de outubro, mês de eleição)

*47,3% de homens e 52,7% de mulheres

16 a 17 anos: 104.674
18 a 20 anos: 609.206
21 a 24 anos: 908.506
25 a 34 anos: 2.282.611
35 a 44 anos: 2.244.470
45 a 59 anos: 2.405.474
60 a 69 anos: 1.026.742
70 a 79 anos: 543.104
Superior a 79 anos: 268.072 (Correio – Foto Reprodução)

Hospital Regional de Juazeiro orienta população sobre tentativas de golpes via telefone

Hospital Regional de Juazeiro orienta população sobre tentativas de golpes via telefone

Como forma de orientar a população, o Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) adverte sobre tentativas de golpe que estão sendo aplicadas em outras unidades de saúde do Estado. Através de ligações, estelionatários estão usando o nome dos hospitais, de seus médicos e/ou colaboradores para solicitar informações dos pacientes internados aos familiares.

Ressaltamos que todo atendimento disponibilizado pelo HRJ é gratuito e inteiramente SUS. Dessa forma, quaisquer contatos telefônicos com pacientes e/ou seus responsáveis, solicitando pagamentos de procedimentos hospitalares, exames ou medicamentos através de transações financeiras para crédito em conta de terceiros, são falsos.

Caso receba esse tipo de ligação em nome do Hospital Regional de Juazeiro, denuncie à Polícia Civil e na Ouvidoria do HRJ através do telefone (74)2102-2850 ou e-mail [email protected]

Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

A medida passa a valer a partir do próximo dia 7.
Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Acorda Cidade

Agência Brasil – Os revendedores de combustíveis de todo o país vão exibir os preços com duas casas decimais e não mais com três, como acontece atualmente. A medida passa a valer a partir do próximo dia 7. É o que determina a Resolução nº 858/2021, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que deu prazo para as revendedoras se adequarem até essa data.

Segundo informou hoje (2) a ANP, o objetivo da mudança é deixar o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor, alinhado-o com a expressão numérica da moeda brasileira. Os preços deverão ser exibidos com duas casas decimais, tanto no painel de preços quanto nos visores das bombas abastecedoras.

A ANP salientou, entretanto que, nas bombas, será permitido que o terceiro dígito seja mantido, desde que seja zero e fique travado no momento do abastecimento. A agência entende que, dessa forma, os postos não precisarão trocar os módulos das bombas, o que poderia acarretar custos aos agentes econômicos. Como a terceira casa decimal estará zerada e travada, a percepção é que não haverá dúvidas e que o objetivo da regra, que é dar clareza aos consumidores.

A agência avaliou que essa mudança não implicará em impactos no valor final dos preços dos combustíveis, uma vez que ela não trará custos relevantes aos revendedores, nem restrições aos preços praticados

Árbitro leva dois tiros durante intervalo de jogo na Argentina

 

O árbitro de futebol Oscar Antonio Pérez, de 48 anos, foi baleado durante um jogo amador na cidade de Yerba Buena, em Tucumán, na Argentina. Pérez foi internado no hospital de Padilla, com um ferimento de bala na região lombar.

Durante o intervalo da partida, uma pessoa chamou o árbitro para conversar na cerca do campo, quando de repente disparou dois tiros e depois fugiu em uma moto, informa o jornal “El Tucumano”.

Pérez é um renomeado árbitro da província de Tucumán, e esta não é a primeira vez que ele vive um episódio de violência no futebol, segundo a publicação. Em 2014 foi agredido com dois socos pelo jogador José Moreno, na partida entre Marapa e San Lorenzo de Santa Ana.

Valor do gás de cozinha tem queda na Bahia; saiba quanto

 

Gás de cozinha tem preço médio estimado em R$107,84 na Bahia

Na contramão do valor da gasolina, que sofreu reajuste de aumento, o gás de cozinha teve queda no valor registrado nesta segunda-feira. As informações são da própria Acelen, responsável pela Refinaria de Mataripe. A queda foi de 10,7%.

Segundo o levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre os dias 24 e 30 de abril, o botijão na Bahia era vendido, em média, por R$ 107,84. O valor mais cara do produto no estado foi de R$ 150,00 e o mais barato foi encontrado por R$ 92,00.

LEIA MAIS:

Correios reajustam tarifas para envio de cartas

Os valores foram reajustados em 9,5% pelo Ministério das Comunicações
Os valores foram reajustados em 9,5% pelo Ministério das Comunicações – 

Começaram a valer nesta segunda-feira, 2, as novas tarifas aplicadas aos serviços postais nacionais e internacionais prestados pelos Correios em regime de exclusividade. Os valores foram reajustados em 9,5% pelo Ministério das Comunicações.

O reajuste alcança os serviços nacionais como Carta e Aerograma Nacional, Franqueamento Autorizado de Cartas Nacional – FAC (Simples), Telegrama Nacional (Agência, Telefone e Internet), Correspondência Agrupada – Malote – e correlacionados, como Serviços de Resposta, V-POST, Carta Via Internet (CVI), Aviso VPNE, Franqueamento Autorizado de Cartas – FAC: estadual e local e nacional.

Já em relação aos serviços internacionais, o aumento será aplicado às Cartas e Cartões Postais na Modalidade Econômica (Documento Econômico) e na Modalidade Prioritária (Documento Prioritário) e Telegramas, além dos correlacionados: Carta Mundial Via Internet e Cupom Resposta Internacional.

O reajuste, entretanto, não alcança os serviços concorrenciais de encomendas nacionais e internacionais, como SEDEX, PAC, importação e exportação. A empresa manteve ainda a política de redução de preços aplicadas desde 31 de janeiro a 420 cidades brasileiras, visando garantir às empresas condições e oportunidades de negócio do e-commerc

Sinebahia disponibiliza vagas de emprego para Sr. do Bonfim nesta quarta (27); Confira

 

VAGAS EXCLUSIVAS PARA SENHOR DO BONFIM – DIA 27-04-2022

COZINHEIRA
Ensino Fundamental completo;
Experiência em salgados;
01 VAGA.

TECNICO AGROPECUÁRIO/ZOOTECNISTA
Ensino técnico nas áreas: agronegócio, agropecuária, zootecnia e afins;
Não exige experiência;
01 VAGA.

EMBALADOR
Ensino Médio completo;
Experiência na área de congelados, frigorífico, laticínios ou açougue;
01 VAGA.

MOTORISTA ENTREGADOR
Ensino Fundamental completo;
Experiência mínima de 06 meses na função;
Obrigatório possuir CNH-D;
Salário + benefícios;
01 VAGA.

CALDEIREIRO
Ensino Fundamental incompleto;
Experiência comprovada na função;
03 VAGAS.

TORNEIRO MECÂNICO
Ensino Fundamental incompleto;
Experiência comprovada na função;
01 VAGA.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Carteira de Trabalho física ou Digital, RG, CPF, comprovantes de residência e escolaridade, além de certificados de cursos, se assim desejar.

Essas vagas estão sujeitas ao limite de encaminhamentos. Para realizar agendamento na Rede SineBahia acesse o endereço www.sacdigital.ba.gov.br.