Publicado em : sex, mai 19th, 2017

Secretaria de Assistência Social promove Caminhada “Faça Bonito” em Senhor do Bonfim

pre

O dia 18 de maio, data que marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, foi lembrado em Senhor do Bonfim com uma grande caminhada pelas ruas principais do centro da cidade.

Cerca de 500 pessoas participaram da caminhada organizada pela prefeitura de Senhor do Bonfim por meio da Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social         (SADS) em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

 “Essa mobilização visa  conscientizar a população para o compromisso de proteger nossas crianças e adolescentes e informar sobre a importância de se denunciar qualquer tipo de abuso cometido ao público infanto juvenil” destaca a Secretária de Ação e Desvolvimento Social, Vera Magalhães.

Entenda o que é exploração sexual de crianças e adolescentes

A violência sexual praticada contra a criança e o adolescente envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de geração, de gênero, de etnia, de orientação sexual, de classe social e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros.

Telefones para denúncias:

CREAS  99196-2453

Conselho Tutelar 9 9967 1816

DISQUE 100 

A campanha tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. O desenho também tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto a sociedade, proximidade e identificação com a causa. Esse símbolo surge durante a mobilização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de 2009. Porém, o que era para ser apenas uma campanha se tornou o símbolo da causa, a partir de 2010.

Histórico do dia 18 de maio

Neste dia, em 1973, uma menina capixaba de Vitória (ES), foi seqüestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, desfigurado por ácido. Os assassinos jamais foram punidos. O Movimento em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes, após forte mobilização, conquistou a aprovação da Lei Federal 9.970/2000, que instituiu a data 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento pelos direitos de crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual.

Assessoria

Deixe seu Comentário