Publicado em : sex, abr 12th, 2019

Nelson Leal e Wagner criticam preço de passagens aéreas

ne

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Nelson Leal, fez coro com o senador Jaques Wagner para criticar o preço “abusivo” das passagens aéreas no Brasil. “Passagem aérea no Brasil já é caso judicial. Os preços cobrados para o transporte aéreo no Norte/Nordeste do país são abusivos e a cobrança em separado de bagagem não reduziu em nada o preço delas. Sem contar as queixas que recebemos diariamente de voos cancelados sem prévia informação ao passageiro. A Bahia é um estado dependente do turismo e a questão das tarifas aéreas é vital para a nossa economia”, disse nesta quinta-feira (11).

Ele revelou ainda que irá convocar uma audiência pública para debater o assunto. O senador Jaques Wagner tratou do assunto em recente audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado Federal, com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. “Vamos trazer esse debate também para a Assembleia Legislativa da Bahia. Em todo o mundo há uma grande disputa pelo mercado aéreo. O que vemos no Brasil é um quase monopólio, com preços cartelizados. Para quem vem ou sai da Bahia, são preços similares – ou até superiores – aos de voos internacionais”, afirmou Leal.

O presidente da Alba também criticou o comportamento das companhias aéreas que cobram altas taxas para devolução do crédito quando existe a desistência da viagem. “Sou totalmente a favor do mercado, desde que haja competição e regras claras. O que não pode é a companhia aérea tratar o passageiro com menosprezo. Ficar com o dinheiro sem prestar o serviço é crime de ‘apropriação indébita’. Caso a passagem não tenha sido utilizada, deve-se ficar como crédito para uma próxima viagem. As aéreas têm uma péssima imagem, agravada ainda mais com a cobrança pela bagagem, com a promessa de que as tarifas cairiam. Não só não caíram, como subiram demais”, finalizou.

Fonte: bahiaeconomica

 

 

 

Deixe seu Comentário